Como instalar o Office 2007 no Ubuntu

Muita gente, mas muita mesmo, não consegue se adaptar – ou não pode – ao LibreOffice (também conhecido com OpenOffice) no Ubuntu e precisa usar o pacote de escritório da Microsoft.

Não importa o motivo, mas essa demanda existe e tem como instalar o Office 2007 (o 2010 ainda não aconselho, mas você pode testar) no Ubuntu, usando o WINE. Vamos ver como.

Office 2007 via WINE

Primeiro, você deve ter o WINE mais atual:

sudo add-apt-repository ppa:ubuntu-wine/ppa 
sudo apt-get update 
sudo apt-get install wine1.3

Agora abra o WINE (clica no ícone do Ubuntu e escreva WINE) > Clique na aba “Applications” selecione a opção “Windows XP” debaixo de “Windows Version” e clique “Aplicar”.

No Microsoft Office 2007 clique duas vezes no ícone “setup.exe” e siga as telas de instalação normalmente. Se não rodar assim, botão direito e selecione “Open with Wine Windows Program Loader”.

O PowerPoint irá dar pau. Para consertar isso volte as configurações do WINE e na aba “Libraries”, debaixo de “New override for library” digite: “riched20.dll”, e depois clique em “Add”. Com o arquivo adicionado, clique em “Edit” eselecione”Native (Windows)”.

Office 2007

Boa sorte!

fonte original

Rodando o iTUNES 10.1 no Ubuntu 11.04

Você sabe como fazer o download do iTunes no Linux Ubuntu 11.04? Se sua resposta for “não”, o nosso tutorial de hoje pode lhe ajudar muito. Agora, siga os seguintes passos e aprenda como fazer o download do iTunes no Linux Ubuntu 11.04:

iTUNES do Ubuntu

Como você deve saber,o iTunes 10.1 é escrito para rodar no Mac e Windows, mas como rodar no Linux Ubuntu 11.04

Passo 1: Baixe e instale o WINE via terminal:

sudo apt-get install wine

Passo 2: Digite “winecfg” no terminal para configurar algumas opções. Selecione a opção Windows XP na aba Applications e na aba Drivers escolha Autodetect, selecione “ALSA Driver” e desclique “OSS Driver” na aba Audio.

Passo 3: Baixe a última versão do iTunes 10.1 e clique duas vezes “iTunesSetup.exe”. Se aparecer um popup de autorun clique em NO.

Passo 4: Rode o programa via terminal: “wine ~/.wine/drive_c/Program\ Files/iTunes/iTunes.exe”.

Espero que ajude, mas não posso comprovar pois não tenho iPhone/iPod. :-(

Fifa 2008 e StarCraft no Ubuntu 10.04

Atualmente é de conhecimento de todos, que as principais empresas no mercado de games desenvolvem seus produtos sendo compatíveis ao Windows. Com isso os usuários das distribuições Linux questionam a falta de games para o sistema, mas nada que não possa ser resolvido e melhor, com simplicidade.

Utilizando Ubuntu 10.04, tive a curiosidade em tentar instalar dois games que ambos foram desenvolvidos para outra plataforma. StarCraft I e o Fifa 2008, antes da instalação tinha certeza que para isso teria muito trabalho, mas estava completamente enganado, uma instalação dinâmica e realmente fácil.

O processo de instalação foi um sucesso porque tenho instalado no o Wine, digamos que o mesmo realizou todo o trabalho para que os games fosse instalados com perfeição. Vale destacar que, em momento algum precisei utilizar o terminal e executar diversos comandos, também não passei horas na rede pesquisando sobre a instalação de games. De modo prático inserir os discos na máquina, logo o Wine reconheceu os discos e comecei as instalação como se fosse no próprio Windows. Aquela velha dinâmica “instalar, avançar, instalação concluída, ok”. Logo em seguida realizei os testes em ambos os games, rodaram como esse fosse no sistema de Bill Gates.

Isso tudo é mais uma prova que Linux não é um bicho de sete cabeças ou que tudo é complicado. Alguns games desenvolvidos para uma determinada plataforma são compatíveis ao Ubuntu sem grandes problemas, também pode-se destacar na simplicidade de todo o processo.

Post enviado pelo leitor Túlio Soares – Estudante de Jornalismo

Ubuntu 9.10 (Karmic Koala) – Novos Recursos e Mudanças.

[bb]Abaixo está uma lista de 10 características e mudanças no Ubuntu 9.10 que você não poderia deixar de saber…

1 – Remoção do Ekiga
Aplicação VOIP, que assumiu uma quantidade considerável de espaço em disco.

2 – Integração com o Wine
A instalação de aplicativos Wine/Windows vai ser ainda mais fácil no Karmic. Cerca de 50% dos usuários do Ubuntu acabam instalando o Wine.

3 – Assistente de Migração
O Assistente foi reescrito em Python para permitir maior desenvolvimento e manutenção.

4 – Novo Network Manager
Foi retirado todas as opções confusas e desnecessárias. Ficou ainda mais fácil mudar, encontrar e entrar em uma rede. Novo Aplet Design.

5 – Integração de redes sociais
Vários programas já usam o notificador do Ubuntu, tais como: Empathy, Evolution, Gwibber e outros.

6 – Computador Janitor (Mantenedor)
Este programa ganhou mais funcionalidade. Criando uma interface de usuário mais utilizável.

7 – UbuntuOne
Serviço de armazenamento da Canonical, que usa computação nas nuvens

8 – Wubi Migração
O Windows UBuntu Instalador ganhou nova funcionalidade. Irá ter uma ferramenta de “migração” que permitirá que uma instalação WUBI seja transferida para sua própria partição, assim ganhando mais performance.

9 – Empathy vs Pidgin
O Empathy iria substituir o Pidgin por completo até a implantação de voz/vídeo no Pidgin…. Ainda não decidiram, qual será o mensageiro padrão.

10 – XSplash para boot
Parece muito provável que o XSplash será o boot-screen “gerente” para o Ubuntu Karmic.

Fonte.

Instalando o Dreamweaver CS4 no Ubuntu

Não tem jeito! Não existe nenhum aplicativo similar ao Dreamweaver para Linux. E olha que já tentei de muita coisa mas nada chegou perto a produtividade do soft da Adobe. Claro que isso depende muitodas necessidades de cada um, mas para quem vem do mundo das janelas, o DW é top, assim como o Photoshop.

E tem jeito sim, de se instalar o DW CS4 no Ubuntu.

Eu achei o roteiro meio “workaround” (gambiarra, em português). Não é um método simples, mas é um método. Quem quiser testar, nos avise se funcionou, pelos comentários.

E se alguém estiver pensando agora o porque que eu não testei isso, eu respondo: sou do tipo de cara que usa o dual-boot ou virtualizo o sistema. Nada de usar o WINE, pois apesar de ser ótimo para alguns softs, não é a solução definitiva.

Como disse antes, cada um no seu quadrado.

Abraços!

E ninguém cala esse chororô,
chora galinhada,
chora a porcada
e o campeão voltou!