Malware é capaz de infectar Windows, Mac OS X e Linux

Um novo malware foi detectado e utiliza arquivos JAR auto-assinados como parte de um ataque de engenharia social para instalar uma backdoor no sistema.

O arquivo JAR, que parece ter sido gerado com o Social Engineer Toolkit da TrustedSec, é capaz de instalar o malware no Windows, Mac OS X e Linux; quando um usuário permite sua execução, ele realiza o download do Shell de backdoor apropriado para a plataforma. O malware foi encontrado pela F-Secure em um site do “setor de transporte colombiano”.

Mais informações no site da Linux Magazine

GNU/LINUX não pega vírus?

Entenda porque o GNU/LINUX não pega vírus. Depois de ler este artigo, você não vai se preocupar nunca mais.

por Danilo Magrini – Twitter @DaniloMagrini

Muito se ouve falar sobre a não existência de vírus para GNU/Linux ou sobre o próprio sistema operacional ser imune a esses. Mas pior do que isso são os argumentos e explicações, muitas vezes fantasiosas, para sustentar tais afirmações. Vamos esclarecer nesse artigo, os reais motivos que ao longo do tempo foram resumidos em apenas uma frase: “O GNU/Linux não pega vírus”.

O principal argumento utilizado atualmente para explicar o motivo do GNU/Linux ser invulnerável a vírus, trojans e afins, é o seu baixo índice de utilização. Atingindo pela primeira vez a marca de 1% dos computadores do mundo em 2009 (os mais otimistas falam em atuais 5%), o GNU/Linux representaria um índice desprezível para os crackers criadores de vírus. Porém esse argumento está longe de ser o principal e na minha opinião, sequer deve ser considerado um argumento, uma vez que criar um vírus não é algo assim tão complexo a ponto de desmotivar um destruidor compulsivo por causa de uma quantidade baixa de usuários. Continue lendo “GNU/LINUX não pega vírus?”