Instalando o TOR no Ubuntu 13.10

Aprenda a instalar o TOR no Ubuntu 13.10

Mas oq ue é TOR? (via Wikipedia)

The Onion Router, também conhecido pela sigla Tor, é uma rede de computadores distribuída com o intuito de prover meios de comunicação anônima na Internet. A maioria das distribuições GNU/Linux disponibilizam pacotes do Tor, embora haja versões para diferentes sistemas operacionais, tais como WindowsMac OS. A rede Tor é uma rede de túneis http (com tls) sobrejacente à Internet, onde os roteadores da rede são computadores de usuários comuns rodando um programa e com acesso web (apenas). O objetivo principal do projeto é garantir o anonimato do usuário que está acessando a web.

Para funcionar o TOR você deve estar:

– Com a versão correta (32bits ou 64bits). Baixe aqui https://www.torproject.org/projects/torbrowser.html.en#downloads;
– Ter instalado e atualizado o java( pode utilizar o openjdk7 que tem no repositório;
– Usar um TOR limpo, ou seja desconsidere qualquer outro tutorial, se você mudou permissão ou fez qualquer coisa DELETE o tor e se for o caso baixe outro;

Baixe o TOR para o seu sistema com a lingua de sua preferência e descompacte em qualquer lugar;

Para descompactar você dará 2 cliques e arrastará a pasta para fora do arquivo compactado;

Vá até a pasta e verá a seguinte tela:

TOR

Dê um enter no icone start-tor-browser, vai aparecer esta tela;instalando o TOR

Clique em executar em terminal.

Post enviado pelo leitor Rodolfo Silveira

Melhore o som do seu Ubuntu 13.10 com o Pulse Equalizer

Pulse Equalizer: melhore o som do seu Ubuntu 13.10 com vários presets.

Pulse Equalizer Ubuntu 13.10

Esta ferramenta tem 15 bandas de equalização do processador de som LADSPA do PulseAudio.

Para habilitá-lo, selecione “EQ Enabled” e clique em “Apply Settings“. Se selecionar “Keep Settings“, o PulseAudio mantém permanentemente a equalização desejada.

Eu escolho o presetheadphone” como padrão porque ele dá um up nos graves e agudos, eliminando aquele som característico de radinho de pilha. Mas teste os presets e defina aquele que mais curtir.

Instalando o Pulse Equalizer

Abra o terminal (Ctrl + Alt + T) e cole os comandos abaixo:

sudo add-apt-repository ppa:nilarimogard/webupd8
sudo apt-get update
sudo apt-get install pulseaudio-equalizer

O Pulse Equalizer é super recomendado pelo UD.

Facilidades que o Ubuntu oferece para programadores

Algumas facilidades que o Ubuntu oferece para programadores

Algo que está em crescimento constante é o mercado de desenvolvimento web, desde criações de simples sites até complexos sistemas de gerenciamento e gestão, com isso a necessidade de profissionais capacitados é fundamental para que o ritmo não se quebre, e sempre sai nos noticiários como o mercado está remunerando bem. Ou seja, se você tem interesse de ingressar nessa área, saiba quais são as vantagens que o Ubuntu ou qualquer outro sistema Linux podem oferecer.

Unity te poupa MUITO tempo

Facilidades que o Ubuntu oferece para programadores

Realizar ações através do teclado o torna mais produtivo. Imaginemos a seguinte situação: Estou procurando uma pasta no qual estão os arquivos do meu trabalho de faculdade, porém como temos diversas pastas dentro de pastas, passamos aproximadamente de 10 a 20 segundos procurando com o mouse clicando (Home -> Documentos -> Trabalhos -> Faculdade -> TCC -> Projetos -> Site -> index.html). Pode parecer ridículo, mas pare e pense quantas vezes já aconteceu isso? Claro que também podemos pensar em deixar a pasta em um lugar mais simples como na Área de trabalho por exemplo, mas deixando exposta podem outras pessoas modificar ou deletar seus arquivos importantes.

O sistema de busca do Unity é poderosos, através do ‘Command‘ do teclado ele abre rapidamente, e digitando apenas palavras chave já encontramos diversos arquivos, poupando tempo precioso.

Conhecer os atalhos e comandos do terminal é fundamental

Existem alguns comandos simples que fazem uma enorme mágica quando navegamos por pastas. Vejamos alguns:

  • Cd: Entra na pasta selecionada. | cd ~: Volta a pasta raiz. | cd ../: Volta a pasta anterior.
  • Ls: Lista os arquivos da pasta em que se encontra.
  • cat: Mostra o conteúdo do arquivo.
  • Mkdir: Cria uma nova pasta.

Temos diversos outros, mas considero esses fundamentais. Imagine você toda hora que quer criar uma nova pasta tem que clicar com o botão direito do mouse e selecionar a opção de criação? Se ao invés disso fizesse ‘mkdir projetos‘ e pronto. Fácil não?

Estabilidade, velocidade e ferramentas = facilidades

Existem diversas ferramentas gratuitas excelentes, veja por exemplo a quantidade de editores e IDE’S que temos, basta entrar na central de programas e ir na categoria ferramentas do desenvolvedor: Geany, Bluefish, Eclipse, Ninja IDE, Sublime Text, Eric IDE, Vim, entre outros. Em sua grande maioria estáveis, rápidas, maleáveis, com diversos plugins que turbinam o processo. Além disso há diversos outros projetos open source que vão agregando gradativamente durante o desenvolvimento.

Se tem conhecimento sobre programação, existe os testes, e quando rodados em sistemas Linux é muito mais rápido do que no Windows por exemplo. E se tem diversos projetos que não podem se misturar, trabalhar com Virtual Machine junto com Vagrant é excelente no Linux.

Estes são alguns exemplos. Diga nos comentários outras facilidades que encontra diariamente em seu processo de desenvolvimento.

6 motivos para migrar pro Ubuntu 13.10

Veja os 6 principais motivos para migrar do Ubuntu 13.04 pro Ubuntu 13.10

A Canonical, empresa mantenedora do Ubuntu, focou na qualidade e estabilidade no sistema em vez de criar dramáticas mudanças. Isto significa as duas últimas versões não são muito diferentes visualmente.

Ubuntu 13.10 - instalação

O Ubuntu 13.04 (Raring Ringtail) foi chamado de “chato”, entre outros nomes menos publicáveis, por não ter tido muitas mudanças visuais ou que poderiam ser diagnosticadas como relevantes para uma migração.

Então, porquê devemos migrar para a versão 13.10 se também não existem novos features? Segue abaixo uma lista dos motivos que podem levar você a migrar:

6 motivos para migrar pro Ubuntu 13.10

  1. O motivo mais importante de todos: o Linux kernel 3.11.x. Esta versão estável vem com suporte a mais dispositivos e componentes, melhor gerenciamento de força e muitos melhoramentos.
  2. Um upgrade do GNOME. A Canonical dá suporte para o Unity desktop, mas ainda usa muitos pacotes do GNOME. O Ubuntu 13.10 (Saucy Salamander) agora vem com aplicações 3.8 branch, o que é muito bom para os usuários do GNOME.
  3. O Smart Scopes. Melhor integração com pesquisas online e com resultados do Wikipedia, numa simples busca no DASH.
  4. As configurações de segurança permitem maior controle sobre o tráfego. É possível parar qualquer comunicação entre seu PC e os servidores da Canonical.
  5. Até agora, todos os aplicativos vinham no formato .DEB e com suas dependências em separado. Isso era muito ruim pois nem todo usuário sabe instalar pacotes dependentes e assim o programa não funcionava. Com o novo formato, todas as dependências estão disponíveis diretamente do pacote do aplicativo, o que na teoria, você não terá mais incompatibilidade de pacotes, desde que o desenvolvedor tenha usado o Ubuntu SDK.
  6. Por fim, o Unity recebeu inúmeros refinamentos que melhoraram a performance do ambiente.

Se todas estas razões não forem suficientes para que você migre, então, espere pela versão Ubuntu 14.04 LTS, mas isso não é uma garantia de que o visual mude da versão Ubuntu 13.10.

Por que quando usam o Ubuntu se torna um caminho sem volta

1428505_30755089

Diversas vezes li em comentários e fóruns coisas como: “Nunca mais uso outro sistema além de Linux”, “Como amo Linux”, “Antí-vírus nunca mais” e assim por diante. Quando não utilizava Ubuntu tinha a imagem de que alguns usuários eram prepotentes e metidos, mas o interessante é que de acordo com o tempo você percebe e entende o que eles diziam.

Como aqui no site já foi comentado, temos 10 motivos para você testar o Ubuntu, assim como também falei que minhas primeiras experiências com o pinguim não foram as mil maravilhas, demorei certo tempo para poder entender como funcionava. Quando estamos aprendendo algo em sua grande maioria a experiência é difícil, peguei distribuições ruins e acabava me frustrando por besteiras.

Ubuntu não é difícil de instalar ou usar!

Ainda em 2013 existem pessoas que acreditam no Linux ser coisa de outro mundo, que apenas ‘hackers’ e pessoas ‘inteligentes’ conseguem usar. Aqui existem diversos textos tentando desmitificar essas ideias, e se é a sua primeira visita, dê uma checada pelo site e verá que a coisa é completamente diferente do que ouvia falar.

Quando você usa o Ubuntu percebe que alguns pontos que achava normal em outros sistemas são completamente diferentes, vejamos alguns:

  •  Lentidão na inicialização do sistema;
  •  Lentidão no encerramento do sistema;
  •  Reinicialização do sistema a cada atualização;
  •  Ter anti-vírus;
  •  Realizar mensalmente desfragmentação de disco;
  •  Gradativamente o sistema ficar lento devido ao tempo de uso;
  •  Quebra de programas por causa de arquivos corrompidos;
  •  Gastos com programas que duram anualmente.

E se pensar bem são esses pequenos problemas que atrasam diariamente nossa produtividade, acabando com a paciência e perdendo tempo precioso, sendo que no Ubuntu dificilmente encontrará esses tipos de incômodos.

Por isso temos tantos comentários ‘apaixonados’, as facilidades que o terminal oferece para podermos instalar facilmente programas e gerenciar arquivos, facilidade de encontrar arquivos e programas através do Unity, guardar arquivos e documentos na nuvem pelo Ubuntu One, não perder consumo de memória enquanto seu programa fica vasculhando o sistema inteiro atrás de programas maliciosos, e também a Central de programas que é excelente.

Esse aqui é mais um texto para você poder experimentar e ver como o Ubuntu apresenta vantagens interessantes, e quem sabe poderá colocar aqui nos comentários daqui a algum tempo seu caminho sem volta.