Conheça o Ubuntu TV

Que tal vermos uma demonstração do Ubuntu TV!

Um sistema voltado para entretenimento com uma interface simples de busca de programas e shows. Você pode assistir, procurar, gravar e tocar seus filmes.

O alvo da Canonical é o Estados Unidos e a China e deve estar pronto para uso no fim de 2012.

E você pode conferir no site oficial da Canonical. Ubuntu TV.

UPDATE: E acabou de sair o código-fonte do Ubuntu TV no LaunchPad! E o Ubuntu TV é baseado no Unity 2D, ou seja, roda em qualquer hardware.

UPDATE 2: Instale o Ubuntu TV. Leia a receitinha de como baixar, compilar e instalar o Ubuntu TV. Divirta-se geek!

Ubuntu TV
Ubuntu TV

Ubuntu rumo a sua TV

No último Ubuntu Developer Summit, Mark Shuttleworth em sua apresentação mencionou a ideia de criar uma versão do Ubuntu para TV. Logo após, em seu blog pessoal, ele menciona quais seriam as aspirações do novo Ubuntu TV. Veja o que é prioridade na visão dele:

Essencial

– Interface de 10 segundos para ver conteúdo multimídia (DVR, ao vivo e rede);
– Controle via controle remoto, com suporte a plugins;
– Acesso a nuvem e servidores locais de mídia;
– Reproduzir conteúdo de mídia física (USB, CD, DVD e Blu-ray);
– Imagem do sistema instalável;
– Fácil de configurar novos dispositivos;
– Acesso ao sistema Ubuntu One (armazenamento e serviço de streaming);
– Controle através de dispositivos móveis (telefones, tablets, interface web e PCs);
– Sincronia de mídia com outros dispositivos Ubuntu (pausar um vídeo em um dispositivo e continuar do mesmo ponto em outro dispositivo).

Prioridade média

– Compartilhar conteúdo com amigos (conectividade com redes sociais);
– Comprar conteúdo de serviços online (Ubuntu one, Amazon, Netflix).

Os primeiros rabiscos da interface Unity para TV estão no site do Allan Bell, um dos idealizadores do projeto. Você pode conferir os desenhos aqui. O desenho da interface prevê aplicações (rodando em tela cheia), busca, área de notificação e conteúdo fixo na tela (com transparência). A ferramenta utilizada nos desenhos foi um plugin de Firefox chamado Pencil.

Se você está insatisfeito com o software proprietário da sua TV inteligente e quer fazer parte deste projeto desde o começo, veja como fazer parte no wiki oficial.

fonte

Abertas discussões sobre Ubuntu Phone, Tablet e TV

Mark Shuttleworth anunciou que o Ubuntu esta focado em tablets, TVs e smartphones. Agora a Canonical abriu novos canais de comunicação a todos que quiserem dar seu pitaco.

Basta seguir os links abaixos, assinarem o “Join the team”:


Ubuntu em série de tv de nerds IT CROWD

The IT crowd se passa nos escritórios das industrias Reynholm, um corporação britânica fictícia localizada no centro de Londres. A série se concentra nas travessuras de uma equipe de suporte técnico, o IT (IT do inglês information technology) formada de três pessoas, Roy(chris O’dowd), Maurice Moss(Richard Ayoade) e Jen Barber(Katherine Parkinson) os quais, vivem em um imundo e desmantelado porão, embora o resto da organização presencie uma arquitetura de forte e brilhante contraste moderno, com visões deslumbrantes de Londres.

Continue lendo “Ubuntu em série de tv de nerds IT CROWD”

Assistindo TV Digital no Ubuntu 11.04

Olá amigos e amigas!

Vamos assistir tv digital no Ubuntu 11.04?

Para isso, você precisa ter um receptor de TV USB Digital da Pixelview, exatamente como a da foto abaixo, por exemplo:

pixelview

Você pode encontrar esse usb em vários sites de compras.

Para utilizar esse USB, no Ubuntu 11.04, tá muito fácil! O driver dele deve ser ativada em “Configurações do Sistema” e em “Drivers Adicionais” (neste momento o receptor deve estar plugado na entrada USB).
Uma vez ativado o driver baixe o arquivo “channel.conf” e salve em uma pasta qualquer de sua preferência.

Para assistir

  • Abra o player VLC;
  • no menu Mídia selecione OPEN (abrir);
  • procure o arquivo CHANNEL.CONF e abra-o;

Se tudo deu certo, basta passear pelos canais disponíveis.

Avisos

  • a qualidade do sinal de tv digital depende MUITO de sua localização;
  • a qualidade do áudio também segue o item acima;
  • nem todos os canais podem estar disponíveis.

Enfim, nada de configurar o kernel, nada compilar novos drivers, tudo muito simples e funcional.

Escaneando novos canais

Você pode, e deve, fazer uma procura local de novos canais (caso existam) na sua região. Para isso, siga as dicas deste site.

Agradeço a ajuda de João Salles e @Kl0nEz pela ajuda.