Habilitando repositórios do JDownloader no Ubuntu

http://www.pngicon.com/wp-content/uploads/jdownloader.jpg

Titão mais uma vez compartilhando informações, e esta para muitos será de grande valor!

Essa noite ao lembrar que eu ainda não tinha o JDownloader instalado no meu Ubuntu, fui até o site para baixar e instalar todo feliz, ai pensei: "Será que ainda não tem repositório para o JDownloader?"

Lá fui eu bisbilhotar no site do desenvolvedor para matar minha curiosidade, e lá estavam eles! Os repositórios, apenas me esperando para instala-los!
Continue lendo “Habilitando repositórios do JDownloader no Ubuntu”

Video sis 671 32bits no Ubuntu 10.04 LL

Mais um tutorial feliz de seu redator Titão! Esta manhã vou mostrar como fazer nossa amada sis 671 funcionar pianinho no Ubuntu 10.04 LL!

sis 671 - Ubuntu 10.04 LL

Todos que tem o prazer de possuir uma dessas belezuras, estão cansados de saber que o fabricante não dá suporte a Linux, e a Satux Linux que conseguiu fazer um driver 3D pra ela não libera o código pra galera desenvolver para os kernels atuais… e viva o “software livre” não é Satux?

Sem contar que os caras também desenvolveram uma solução para o wireless RTL8187B e tramcam seu fonte a 7 chaves…

Enfim, como ainda existem pessoas maneiras e que gostam de compartilhar, mal saiu o alfa e geral se esforçou em criar as suluções para pelo menos ter uma resolução aceitavel em seu notebook baixa renda…

Com este módulo sis 671 é possível:

– Resolução com até 1280 x 800
– Monitor externo espelhado (projetor, lcd e algumas tvs)
-Para isso é necessário reiniciar o note para ele reconhecer o novo dispositivo (pelo menos aqui)
– Gráficos 2D e algumas frescuras do metacity
– Falar vários palavrões para os desenvolvedores da placa Continue lendo “Video sis 671 32bits no Ubuntu 10.04 LL”

O projeto Manual Ubuntu para iniciantes

O Ubuntu Manual project consiste em um manual no formato PDF para iniciantes falando tudo aquilo que você precisa saber depois de instalar o Ubuntu.

Este manual será re-editado a cada 6 meses, coincidindo com o lançamento de uma nova versão do sistema, esperado para abril próximo.

No momento o projeto tem 10 capítulos e será traduzido para 20 línguas com centenas de contribuidores. Dá uma olhada neste preview: Ubuntu Manual 0.1

Estrutura de Diretórios

Diferente do Windows, aqui não existe C:, arquivos de programas, meus documentos, WINDOWS.

Abaixo explicarei como estarão estruturados os arquivos do GNU/Linux Ubuntu.
Diretório – Conteúdo
/bin
É onde ficam os arquivos binários usados por todos os usuários. Binários são os arquivos executáveis.
/boot
Arquivos relacionados ao boot e ao kernel. Aqui fica o próprio Kernel (chamado vmlinuz), assim como os arquivos de configuração do GRUB (um dos gerenciadores de inicialização, ou boot loaders).
/dev
Arquivos que representam os dispositivos físicos (hardware), como os HD’s, placas de som, de vídeo, dispositivos da placa-mãe, impressora etc.
/etc
Não, aqui não fica o lixo. No /etc ficam os arquivos de configuração do sistema operacional e da maioria dos programas. É um diretório muito importante.
/lib
Aqui ficam algumas das bibliotecas do sistema, mas não todas. Se você não sabe programar (eu, por exemplo, não sei), você provavelmente nunca vai entrar nesse diretório, e nem vai saber de sua existência.
/mnt
Em geral, os dispositivos de armazenamento são montados em subdiretórios deste diretório.
/media
É onde ficam as partições montadas, do pendriver, dos drivers de CD e DVD, de HD …
/opt
Aqui ficam os arquivos de programas de terceiros, que não vieram com a sua distribuição.
/proc
Mais um que não será muito visitado tão cedo. Aqui ficam os arquivos temporários do kernel.
/root
É como se fosse o /home do superusuário. Aqui ficam os arquivos pessoais do superusuário, mas como ele é super, o home dele é separado dos “mortais”.
/sbin
É onde ficam os arquivos binários (executáveis) do superusuário. Geralmente, arquivos que iniciam servidores ou programas de administração do sistema ficam aqui, já que somente o superusuário irá rodar esses programas.
/tmp
Guarda os arquivos temporários, como o \Windows\Temp no Windows.
/usr
É um dos diretórios mais importantes. Inclui arquivos executáveis, bibliotecas, código-fonte (incluindo os fontes do kernel)…
/var
Aqui ficam arquivos variados. Inclui spool de impressão, os arquivos de cache, alguns temporários.

———————

Curtiu essa explicação? Então baixe uma apostila em pdf, feita por Ygor Abreu. Isso e muito mais neste arquivo.