Open Web Analytics é a alternativa ao programa do Google

O Open Web Analytics é a alternativa ao programa Google Analytics livre e seguro.

Todos que trabalham na área de social media, marketing digital ou web developer conhecem o famoso serviço chamado Google Analytics. Este serviço monitora seu site e entrega relatórios de visitas entre dezenas de outros dados muito importantes para o avanço do seu site na internet.

Mas ele não é open source.

Conheça o Open Web Analytics

Open Web Analytics (OWA) é um framework open source escrito em PHP. OWA pode ser usado em sites ou sistemas web.

Ele pode ser baixado no site oficial e instalado no seu servidor e ainda pode ser integrado ao seu WordPress.

Open web analytics

Baixe o Open Web Analytics e integre-o ao seu site/sistema e nos diga se ele é tão bom quanto o produto do Google.

Crie sua própria distribuição linux baseada no Ubuntu

Imagine que você queira um Ubuntu com sua cara, ou seja, com seus programas preferidos já instalado? E o melhor, que ele tenha seu nome e que você possa distribuir aos seus amigos nerds? Hein, hein?!?!

Com o Ubuntu Builder você pode fazer isso!

Baixe a última versão do Ubuntu Builder, instale-o e ai, é só abrir o programa.

Selecione o arquivo .ISO do seu Ubuntu e vai mexendo nele, como escolher se quer o Gnome, por exemplo.

Não criei uma distro Ubuntu Dicas – quem sabe um dia desses? – mas ao clicar no botão DESKTOP, abrirá uma janela com o sistema “livre” a ser mexido por você (se bem entendi) e depois de salvo, clique em BUILD ISO.

Bem, quem testar ai, me diga depois se é bom mesmo este trem?

Abraaaaços!

Linux tem sexto mês seguido de crescimento no mercado de OS para PCs

Uma tendência curiosa está acontecendo no uso de sistemas operacionais em PCs no mundo. O uso de Windows está caindo aos poucos, enquanto que o de Linux apresenta ligeiro crescimento. Isso mostra que, ao contrário de algumas pessoas que chegaram a duvidar da vida do Linux, a plataforma segue ganhando usuários, apesar de sua participação ser bastante pequena.

Balanço sobre uso global de OS em desktops da NetMarketshare mostrou que o Windows, que mantém domínio absoluto, viu seu market share diminuir para 92,05% em janeiro deste ano, ante 92,23% de dezembro. Para se ter uma noção da queda, em janeiro de 2011 essa participação era de 93,61%.

Já o Linux faz o caminho inverso e registrou seu sexto mês de crescimento consecutivo em janeiro deste ano, quando sua participação atingiu 1,56% q. Já o uso do Mac OS continua oscilando e, depois de diminuir de novembro para dezembro, voltou a crescer em janeiro, fechando com participação de 6,39%.

Outra questão curiosa verificada em janeiro foi o crescimento do uso do Windows XP e uma ligeria queda na utilização do Windows 7. O Windows XP, que ainda é o OS da Microsoft mais usado no mundo, fechou janeiro com participação de 47,19%, contra share de 46,52% de dezembro.

Na contramão, o Windows 7 viu sua utilização cair de 36,99% para 36,40% na mesma base de comparação.

fonte

Salve uma lista de seus aplicativos instalados

Você deve ter um sistema abarrotado de aplicativos e treme só de pensar em ter que formartar o HD pois teria que listar todos eles num papel e assim, re-instalar mais tarde.

Seus problemas acabaram!!!! Use o TerminatorTabajara para isso!

Falando sério (ou tentando), abra o terminal e digite:

$ dpkg --get-selections > apps.txt

Essa ação vai listar todos os aplicativos instalados num arquivo texto chamado apps.txt.
Quando for re-instalar o Ubuntu, lembre-se de guardar num pendrive.

Quando tiver pronto para instalar todas as aplicações:

$ dpkg --set-selections < apps.txt $ dselect update $ apt-get dselect-upgrade show

Neste ponto, você terá que instalar e baixar vários arquivos. Seria uma ótima ideia fazer um backup do arquivo /etc/apt/sources.list file, como garantia né?

Aviso: isso deverá comer banda larga! Se tiver banda estreita, deixa fazendo a noite e vá dormir.
Aviso 2: não use essa técnica no caso de um UPGRADE de sistema, pois irá dar conflito de libs. No caso de um upgrade de versões (do 9.04 pro 9.10 por exemplo), apenas use o arquivo TXT como referência e instale tudo na unha, normalmente.

fonte