Curso de Redes Linux gratuito parte 2

Curso de Redes Linux gratuito – Comando no Terminal Nível 1-2

Aprenda a usar os comandos neste curso de redes no linux.

Continuando a parte 1 postada ontem, o Ubuntu Dicas traz a segunda parte do curso de redes em Linux do Prof. Rafael Guarapa, do canal TV Guarapa.


Participe dando sugestões e dicas no canal TV Guarapa. E claro, assine o canal. Este é o primeiro projeto de qualidade que o Ubuntu Dicas apoia e em breve novos cursos surgirão aqui.

Não é sempre que um segundo curso de redes Linux gratuito aparece na sua tela, né?

Curso de Redes Linux gratuito

Curso de Redes Linux gratuito – Comando no Terminal Nível 1

Aprenda a usar os comandos neste curso de redes no linux.

O Ubuntu Dicas tem o prazer de apoiar a série de cursos de tecnologia do Prof. Rafael Guarapa, do canal TV Guarapa.

Este é o primeiro de uma série de vídeos que iremos divulgar e contamos com você para divulgar a todos os seus amigos.

Neste vídeo, você vai começar a entender os vários comandos num rede Linux. Participe dando sugestões e dicas no canal TV Guarapa. E claro, assine o canal. Este é o primeiro projeto de qualidade que o Ubuntu Dicas apoia e em breve novos cursos surgirão aqui. Fique esperto!

Não é sempre que um curso de redes Linux gratuito aparece na sua tela, né?

Software Livre não é demagogia

Apresento a comunidade de hackers do bem, a Linux Sociall.
por Julien Murray

Olá caros meus caros irmãos e amigos deste orbe chamado Terra. Venho até vós para comentar sobre algo muito nobre e especial que se chama fraternidade.

A fraternidade é um conceito filosófico profundamente ligado às ideias de Liberdade e Igualdade, ou seja, todos são iguais e livres, não importando a situação intelectual ou financeira. Pena que o mundo não é totalmente assim. Pois é, como existem os movimentos sociais que tratam muito bem esta máxima da racionalidade humana, sabia que no mundo da tecnologia também existe também esses grupos de ajuda? O nome deste movimento é software livre ou GNU, representado por um gnu, mamífero africano.

GNU foi criado por Richard Stallman. Mas, software livre, o que é isso ? Vamos a Wikipédia. Software livre, segundo a definição criada pela Free Software Foundation, é qualquer programa de computador que pode ser usado, copiado, estudado e redistribuído sem restrições. O conceito de livre se opõe ao conceito de software restritivo (software proprietário), mas não ao software que é vendido almejando lucro (software comercial). A maneira usual de distribuição de software livre é anexar a este uma licença de software livre, e tornar o código fonte do programa disponível.

O Linux, foi criado por Linus Torvalds lá por meados de 1991, um rapaz nerd, inteligente e bem disposto. Ele bem podia fazer como o um outro rapaz, de fechar o seu projeto e comercializar, colocar até uma portinha para evitar o plágio, mas foi diferente. Linus preferiu compartilhar seu conhecimento com outras pessoas, do que ser rico e poderoso. Burro?!?!?! Não ! São Francisco de Assis não fez o mesmo ? Ele não recusou a fortuna de sua família para beneficiar os mais necessitados ?

Eis a fraternidade, esta máxima que todos os homens deveriam viver e sentir do fundo do coração perante aos outros. Vocês sabiam, que distribuições Linux como o Bigpup Linux (100% brasileiro), por exemplo, é mantido e desenvolvido por pessoas que não ganhavam nada por isso? Qual O fundamento disso ? Ora, Simples como andar para frente, o prazer de colaborar com o próximo, dar a ele a capacidade de aprender, de explorar, de entender como funciona o mundo tecnológico, dar a você uma segunda opção! Em contraste a isso, existem aqueles que não fazem a mínima questão de você entender, dominar e principalmente saber o que fazem com seu computador enquanto navega na internet. Objetivo? Dominar e manter as pessoas na ignorância. Conhece a fábula da águia e da galinha ? Veja então aqui neste blog, de minha autoria.

Ao lado destes irmãos programadores, existem aqueles que ajudam (tá, tem os bobalhões, os babacas, mas o que seria do mundo sem eles ?) a dar os primeiros passos no mundo Linux. Irmãos com o coração inflamado de amor, que fazem questão de ajudar a você encontrar seu caminho com a liberdade. E você encontra na web, a primeira rede social do Brasil, e não querendo exagerar o mundo! O nome desta rede de amigos chama-se Linux Sociall.

Idealizada por nosso amigo Elton Jamenis Chaves Mourão, da cidade de Tomé-Açu, que fica no Pará, o mantenedor e criador da distribuição 100% brasileira, a Bigpup Linux,tem como objetivo de trocar informação, conhecimento e ensinamento. No Linux Sociall, existem várias comunidades, com vários assuntos, incluindo o suporte a várias distribuições Linux, dentre elas o Ubuntu Linux, uma distribuição voltada para usuários leigos e iniciantes no mundo Linux, que estão acostumados somente com outros sistemas operacionais que testam a sua capacidade e inteligência. Eu sou o líder do grupo do Ubuntu Linux que conta com muitos usuários experts e leigos. O que ganhamos com isso? Simples, a tua evolução intelectual! Ficaremos felizes em saber que tu és uma pessoa que aprendeu a instalar teu próprio navegador, tua própria webcam e quem sabe, teu próprio sistema operacional?

Antes de me despedir, peço que veja dois filmes:

Piratas do Vale do Silício
Revolution OS

Abraços fraternos e viva o linux, viva a liberdade !

Julien Nascimento é programador, tem 29 anos e mora na cidade de Guaiba/RS. Casado e com dois filhos, é Espírita, programador e entusiasta do software livre, vem ajudando na divulgação e o fortalecimento da primeira rede social do mundo voltada para o Linux. Acredita que o Linux é um dos principais sistemas operacionais do futuro, por este priorizar a fraternidade entre as pessoas. Sua mulher que nunca mexeu com computadores, já instalou softwares na central de programas do Ubuntu!

LinuxSociall

LINUXSOCIALL: O LINUX TEM AGORA A SUA REDE
por Elton Jamenix

Há algum tempo que as redes sociais viraram sinônimo de internet. Aliás, muita gente só usa a internet exclusivamente para este fim. Talvez por isso as redes sociais ganharam um destaque e uma importância jamais imaginado há dez anos, quando a internet adquiriu proporções mundiais. Hoje é difícil encontrar alguém que não tenha pelo menos um perfil no Orkut, Facebook ou em outra rede social qualquer.

No entanto, estas redes são usadas em sua maioria para criar um grupo seleto de amigos, com os quais serão compartilhadas mensagens, fotos, vídeos ou participando de jogos online. Na maioria das vezes, o objetivo é mostrar para os amigos o seu dia a dia através de mensagens e fotografias. Não por acaso, uma das atividades mais comum nas redes de relacionamento seja justamente a postagem de fotografias.

Por outro lado existem aquelas redes sociais com objetivos específicos, cuja proposta não é expor a vida social ou particular de ninguém, mas tão somente reunir pessoas com interesses comuns.

Dentre esse segundo seguimento de redes sociais, há a LinuxSociall, uma rede criada por Elton Jamenix, cujo o objetivo é justamente reunir os amantes e simpatizantes do sistema operacional Linux e seus derivados para a troca de conhecimento e informações.

O Linux, para quem não sabe, é um Sistema Operacional assim como o Windows, cujo diferencial é ser livre, capaz de se adaptar aos mais variados tipos de usuários e computadores. E o mais importante de tudo: é gratuito. Hoje o Linux está presente não só em computadores, mas também em tablets, smartfones e uma infinidade de dispositivos eletrônicos. Aliás, o tão badalado Android do Google é derivado do Linux.

E por falar em liberdade, o grande diferencial do LinuxSociall é justamente não ser mais uma rede social, e sim reunir pessoas interessadas em compartilhar conhecimento e trocar experiências na área de informática. Apesar de ter sido lançada há pouco mais de dois meses, é um grande sucesso. Há mais de 1.000 membros cadastrados e atuando de forma intensa.

Um grande diferencial que tornar o Linuxsociall interessante é a forma como os assuntos são organizados. Diferentemente de outras redes sociais, onde informações sobre o mesmo assunto estão espalhadas em comunidades, aqui as coisas são organizadas por grupo, tornando a busca bem mais fácil. E isto me chamou a atenção logo de cara.

Por falar em chamar a atenção, outra grande jogada foi a criação de uma rede que mistura Facebook com Twitter.

Mas LinuxSociall não é só para os usuários do Linux como o nome pode levar a crer. É uma rede livre, onde os usuários podem opinar e participar para torná-la melhor; é uma rede onde é possível encontrar informações sobre tecnologia, novos dispositivos (como tablets e smartfones, por exemplo) e sobre o maravilhoso mundo da informática. Além disso, o usuário pode postar mensagens que não seja necessariamente sobre Linux, embora exista uma limitação de 5% para esse tipo de mensagem.