Como sincronizar arquivos em pastas diferentes no Ubuntu

Como sincronizar arquivos em pastas diferentes no Ubuntu usando o Grsync

Preciso sincronizar arquivos em pastas ou partições, como faço?

É muito comum hoje em dia, termos medidas de segurança para não perdermos arquivos e documentos. Existem vários serviços de hospedagem nas nuvens (on cloud) como o Ubuntu One ou o famoso Dropbox, mas imagine que você tem um pendrive ou um HD externo, que existem como uma mídia física e confiável, onde você possa salvar seus arquivos por segurança e que, talvez, você não confie nestes serviços online.

Use o GRSYNC

O grsync é uma interface gráfica simples que usa o GTK2 para o programa de linha de comandos chamado rsync.

Atualmente ele suporta apenas um conjunto limitado das funcionalidades mais importantes do rsync, mas pode ser usado eficazmente para sincronização de diretórios (pastas) locais.

Como sincronizar arquivos em pastas diferentes no Ubuntu

Instalando o Grsync

É muito fácil! Basta procurar pelo nome no campo de busca na Central de Programas do Ubuntu e instalar. Simples assim, oi! Testado na versão 12.04.2 LTS.

Depois de instalado, digite grsync no dash (logo do Ubuntu no lançador ou aperte a tecla “Super” – aquela com o logo do Windows no teclado) do Unity e selecione-o. Ele é muito intuitivo e com algumas configurações personalizadas você terá uma ótima ferramenta de backup.

Sincronizar arquivos no Ubuntu

Eu aconselho a leitura deste artigo e na página da comunidade oficial para entender e usar muitas opções do poderoso recurso rsync.

Pronto, agora você pode sincronizar seus documentos em pastas ou mídias diferentes no Ubuntu.

Estrutura de diretórios no Linux

A identificação dos objetos de um sistema de arquivos Linux é conhecida como inode. Ele carrega as informações onde o objeto está localizado no disco, informações de segurança, data de criação e a última modificação dentre outras informações.

Quando criamos um sistema de arquivos no Linux, cada dispositivo tem um número finito de inodes que será diretamente proporcional ao número de arquivos que este dispositivo poderá acomodar.

Comparando com o Windows, a organização dos diretórios do Linux é pouco mais complexa, porém você vai perceber que é a maneira correta conforme for lendo e entendendo.

Estrutura de diretórios do Linux

  1.            –       Diretório raiz.
  2. /bin       –      Diretório onde estão os arquivos  executáveis e comandos essenciais do sistema.
  3. /boot     –      Diretório onde estão os arquivos necessários para iniciar o sistema. Aqui é onde fica localizada a imagem do Kernel do Linux.
  4. /dev       –      Diretório onde estão os arquivos de dispositivos do sistema, como discos, cd-roms, terminais etc.
  5. /etc         –      Diretório onde estão localizados os arquivos de configuração do sistema.
  6. /home     –     Diretório que geralmente é usado  pelos usuários.
  7. /lib          –      Diretório onde estão localizadas as bibliotecas essenciais ao sistema, utilizadas pelos programas em /bin e módulos do Kernel.
  8. /mnt         –     Diretório vazio. Este diretório geralmente é utilizado para pontos de montagem de dispositivos.
  9. /proc        –     Diretório que possui informações do Kernel e de processos.
  10. /opt          –     Diretório onde estão localizados os aplicativos instalados que não venham com o Linux.
  11. /root         –     Diretório do superusuários(root). Em algumas distribuições ele pode ou não estar presente.
  12. /sbin        –      Diretório onde estão os arquivos essenciais do sistema, como aplicativos, utilitários para administração do sistema. Normalmente só o superusuário(root) tem acesso aos arquivos.
  13. /tmp          –      Diretório de arquivos temporários.
  14. /usr           –      Diretório de arquivos pertencentes aos usuários e a segunda maior hierarquia de diretórios no Linux.
  15. /var           –       Diretório onde são guardadas informações variáveis ao sistema, como arquivos de logs etc…

fonte

Compartilhe arquivos/pastas entre o WinXP, Vista, 7 & Ubuntu

Se você quiser compartilhar arquivos entre máquinas Windows e Ubuntu, então este tutorial vai lhe mostrar como fazê-lo.

Pode ser aplicado para o Windows XP, Vista ou 7 e qualquer versão do Ubuntu, incluindo o Ubuntu 10.04 e 10.10. Quando o compartilhamento de arquivos está ativado, os dois sistemas serão capazes de acessar arquivos e pastas entre eles.

Continue lendo “Compartilhe arquivos/pastas entre o WinXP, Vista, 7 & Ubuntu”