LibreOffice 4.1 para Ubuntu é disponibilizado

LibreOffice 4.1 é disponibilizado. Saiba como baixar e instalar.

Acaba de ser lançado o LibreOffice 4.1.0 para o Ubuntu, com 3 mil bugs corrigidos e um novo painel de formatação.

libreoffice 4.1

Instalando o LibreOffice 4.1 no Ubuntu 13.04

AVISO:
Antes de instalar a versão 4.1, você deve desinstalar a versão atual de sua máquina. Para isso, abra o terminal e digite:

sudo apt-get remove --purge libreoffice*

Feito isso, instale o PPA abaixo e siga os passos:

sudo apt-get purge libreoffice-core
sudo add-apt-repository ppa:libreoffice/ppa
sudo apt-get update
sudo apt-get install libreoffice libreoffice-l10n-pt-br libreoffice-help-pt-br

Pronto! Agora se algo deu errado, basta baixar o pacote neste link e instalar na unha. Abra o terminal na pasta onde você salvou os arquivos acima e digite:

sudo dpkg -i *.deb

LibreOffice 4.1 no Ubuntu 13.04 instalado.

DraftSight (Beta V1R3) no Kubuntu 12.04 64 bits

Após um tempo longe do Linux, retorno atualizando o roteiro de instalação anterior do DraftSight no Kubuntu 12.04, minha distribuição atual. O roteiro anterior não funciona na versão V1R3 do DraftSight. Aqui funcionou 100%, o risco é seu! :D

O DraftSight é uma excelente alternativa ao AutoCAD tanto em ambiente Linux quanto em outros sistemas operacionais. Apresenta-se em língua portuguesa e trabalha com arquivos .dwg, o que é essencial para iniciantes e para manutenção da compatibilidade, respectivamente.

O mais interessante é que a Dassault Systèmes, sua proprietária, exige somente um simples cadastro para sua utilização. Para quem não conhece, a Dassault Systèmes é a produtora do Catia e do SolidWorks, o que demonstra, de certo modo, a qualidade do produto.

Por ser um software 32 bits, alguns passos são necessários para sua instalação em sistemas 64 bits. Vamos ao trabalho!

1. Para funcionar corretamente, faz-se necessária a instalação de algumas bibliotecas 32 bits bem como alguns componentes auxiliares:

sudo apt-get install libdirectfb-extra sendmail libglu1-mesa libglu1-mesa-dev ia32-libs

2. Em seguida, acesse o site do DraftSight e faça o download da versão para o Kubuntu/Ubuntu (sugere-se gravar na pasta Downloads).

3. Supondo que você baixou na pasta Downloads, acesse o Terminal. Vamos criar uma pasta temporária chamada tempcad:

cd Downloads
mkdir tempcad

4. Copie o arquivo do DraftSight baixado para a pasta tempcad.

cp draftSight.deb tempcad

5. Extraia o conteúdo do arquivo .deb:

cd tempcad
ar -x draftSight.deb

6. Vamos extrair o conteúdo do arquivo data.tar.gz:

tar -zxvf data.tar.gz

7. Copie o conteúdo da pasta var para /var:

sudo cp -R var/. /var

8. Copie o conteúdo da pasta opt para /opt:

sudo cp -R opt/. /opt

9. Extraia o conteúdo do arquivo control.tar.gz:

tar -zxvf control.tar.gz

10. Execute (na tela que se abre, clique em Aceitar):

sudo ./preinst

11. Execute:

sudo ./postinst

Abra o DraftSight! Bazzinga!

Observações

1. Na primeira execução você deverá informar o e-mail para registro do software. Após inserir um e-mail válido, clique em Ativar (é necessário confirmar o registro por meio do link enviado ao seu endereço eletrônico).

2. Em função das bibliotecas 32 bits já instaladas em sua máquina, o pacote ia32-libs pode ser ignorado. Entretanto, a falta deste pacote é usualmente a principal causa do não funcionamento do DraftSight.

Damasceno

Instale seus programas preferidos com poucos cliques usando o Booster

Você não fica cansado só de imaginar em ter que instalar todos os seus programas preferidos a cada novo upgrade de versão do Ubuntu?

Eu também fico.

Mas imagine que possa existir um programa que te permita escolher os programas numa lista, que gere um script e que você possa salvar este script em cada computador que quiser e ai basta dar um SUDO nele e voilá! Sistema atualizado com seus programas preferidos em poucos cliques!

Agora para de imaginar.

O BOOSTER – http://irajacic.com/ – faz exatamente o que descrevi e ainda em português brasileiro, apesar do mesmo ser criado na Sérvia!

Basta você seguir o vídeo abaixo – muito didático – e usar. Eu testei aqui e ele realmente faz aquilo a que se promete.

Funciona no Ubuntu, no Debian e no Mint. Ou seja, tudo derivado do Debian! Dica da semana hein? :-)

Teste e depois comente aqui. A dica foi do colega Leo Oliveira.

Instalei o Ubuntu 12.10 beta 2

Olá kids!

Neste final-de-semana eu instalei o Ubuntu 12.10 Beta 2 em meu PC de produção e agora darei minhas primeiras impressões:

Instalação

Rápida demais, via live-dvd. Escolhi a opção de upgrade de 12.04 para 12.10 direto, no menu de instalação. Nesta opção eu não precisaria instalar os programas novamente. Mas como eu desconfiava, não deu certo. Tenho que instalar meus softs preferidos de novo. Um saco, mas é um aprendizado.

A inicialização não é rápida como na versão anterior, mas como é uma versão BETA, não irei levar em consideração, pois deve melhorar com a versão final.

Tela de login

Ficou muito mais bonita e acessível. Visualmente esta mais limpa, mas também não tinha muito mais o que mudar. Tira um ícone aqui, uma linha fina acolá… coisas do tipo.

Ambiente

Chorar de saudades do Gnome eu não faço e nunca fiz. O Unity é isso e pronto! Muito foi melhorado e esta mais estável sim. Aceitemos isso e toquemos a vida. Mas esse lance de HUD, WebApps e ect… é informação demais e é preciso se acostumar. A curva de aprendizagem não é alta, mas ela existe.

Bugs?

Sim, alguns, mas é esperado para um sistema BETA, e nosso dever é reportá-los. Afinal se estamos testando uma verão não terminada nada mais que comum existir incompatibilidades.

E o COMPIZ?

Sim, o COMPIZ funciona e com direito aos efeitos extras e tudo mais! :-)

Conclusão:

Se esta feliz com a versão 12.04 LTS FIQUE COM ELE. Não vi nenhum motivo para um upgrade de sistema. Só mesmo os early-adopters irão mudar, mas se seu sistema esta respondendo bem as suas necessidades, não se desespere. Aguarde com alguma paciência a versão final e teste bem antes de instalar.

 Ubuntu 12.10 QQ

COMPIZ no Ubuntu 12.04

Qual o grande barato de usar o Ubuntu? Muitos acham que são os efeitos na sua área de trabalho oriundos do COMPIZ.

Então vamos instalar o COMPIZ no Ubuntu 12.04? Abra o terminal e digite:

sudo apt-get install compiz
sudo apt-get install compizconfig-settings-manager
sudo apt-get install compiz-fusion-plugins-extra
sudo apt-get install compiz-plugins-extra

Feito a instalação, basta clicar no DASH (ícone do Ubuntu no lançador a esquerda da tela) e digite “compiz”. Selecione-o e comece a brincar. Atente que agora surge um popup avisando que mexer no Compiz pode lhe trazer problemas, então, cuidado.

No item Área de Trabalho e na aba Experimental, clique na opção “SHOW ICON DESKTOP in the launcher”. Sempre é bom ter isso em mãos né?

E que tal o efeito CUBO ou FOGO?


(pena que esta em alemão! rsrs)
Curtiu? Então compartilhe! Até mais, nerdaiada