Como sincronizar arquivos em pastas diferentes no Ubuntu

Como sincronizar arquivos em pastas diferentes no Ubuntu usando o Grsync

Preciso sincronizar arquivos em pastas ou partições, como faço?

É muito comum hoje em dia, termos medidas de segurança para não perdermos arquivos e documentos. Existem vários serviços de hospedagem nas nuvens (on cloud) como o Ubuntu One ou o famoso Dropbox, mas imagine que você tem um pendrive ou um HD externo, que existem como uma mídia física e confiável, onde você possa salvar seus arquivos por segurança e que, talvez, você não confie nestes serviços online.

Use o GRSYNC

O grsync é uma interface gráfica simples que usa o GTK2 para o programa de linha de comandos chamado rsync.

Atualmente ele suporta apenas um conjunto limitado das funcionalidades mais importantes do rsync, mas pode ser usado eficazmente para sincronização de diretórios (pastas) locais.

Como sincronizar arquivos em pastas diferentes no Ubuntu

Instalando o Grsync

É muito fácil! Basta procurar pelo nome no campo de busca na Central de Programas do Ubuntu e instalar. Simples assim, oi! Testado na versão 12.04.2 LTS.

Depois de instalado, digite grsync no dash (logo do Ubuntu no lançador ou aperte a tecla “Super” – aquela com o logo do Windows no teclado) do Unity e selecione-o. Ele é muito intuitivo e com algumas configurações personalizadas você terá uma ótima ferramenta de backup.

Sincronizar arquivos no Ubuntu

Eu aconselho a leitura deste artigo e na página da comunidade oficial para entender e usar muitas opções do poderoso recurso rsync.

Pronto, agora você pode sincronizar seus documentos em pastas ou mídias diferentes no Ubuntu.

Como recuperar arquivos deletados no Ubuntu

Ontem fui instalar “do zero” o Ubuntu 12.04 beta 2 no meu pc. Tudo correu bem até que reparei que não tinha áudio! Eu já tinha passado por isso no 11.10 e me lembrei que o problema foi eu ter criado o mesmo nome de usuário na nova instalação. Sei lá o porque do Ubuntu perder minhas configurações de áudio só por eu usar o mesmo nome de usuário.

Então lá fui eu criar um novo usuário. E o que o tonto aqui fez? Fui deletar o usuário antigo. Ai veio a mensagem de “tem certeza que posso deletar o usuário”? Eu cliquei “deletar” de boa, mas como eu ia adivinhar que minha pasta “/home” que esta numa partição separada iria pro saco? #tenso

Rodei o sistema e vi que não tinha mais documento algum! Desesperado e a minutos antes de tomar uma dose de uísque com Fanta uva, fui ver o que ocorria pelo GParted. Lá eu vi que eu ainda tinha 11gb de arquivos, mas que não estavam sendo “lidos” pelo Ubuntu. E agora??

PHOTOREC


Numa pesquisa rápida pelo bloco de nota de Deus (o Google), encontrei o vídeo mostrando como usar o PhotoRec. Este programa recupera arquivos deletados o que para mim será a glória. Vejam como ele funciona (em inglês):

Segue o WIKI do programa com uma receita de uso bem legal.

Ainda não testei o aplicativo, mas já me dá esperanças. Se não… vou encher a cara de uísque barato com Fanta uva sem gelo.

Até mais!

Particionamento manual no Ubuntu

O particionamento no Ubuntu é algo bem simples na instalação. Porém, fazer um particionamento manual permite um maior “controle” sobre a sua HD além de tornar mais fácil manter dados pessoais em instalações limpas, ou seja, reinstalação sem utilizar o programa de upgrade do próprio Ubuntu.

Muito importante e instrutivo.