Testando o Ubuntu sem comprometer o seu computador – Parte 3

Depois de ter mostrado como usar o Ubuntu LiveCD e também algumas dicas sobre o que avaliar para mudar de sistema, vamos finalizar esta série mostrando o Wubi (Windows Ubuntu Installer).

Para quem não sabe o Wubi, é uma ótima ferramenta criada pelo time da Canonical a fim de dar uma “prévia” do Ubuntu para quem tem Windows na máquina. Assim o usuário pode experimentar o Ubuntu antes de tomar uma decisão definitiva

O Wubi abstrai toda a complexidade da instalação do Ubuntu (se é que existe…) e deixa o dual boot (Se você tem 2 sistemas no mesmo PC,  o recurso do dual boot serve para  escolher qual será inicializado) pronto entre sua versão do Windows e a versão do Ubuntu que você tem em seu pendrive/CD.

O único “porém” deste enfoque, a meu ver, é que o Wubi deixa o Ubuntu um pouco lento na máquina. Claro que isso pode ser contornado com hardwares mais potentes.

Então como funciona esse tal de Wubi afinal de contas? O funcionamento dele é simples.

  1. O Wubi é um programa que roda em ambiente Windows, ou seja, tu não podes instalar ele no teu Mac (Não tentem fazer isso no Windows Mobile/Phone!);
  2. Ele passa o Windows na conversa dizendo que é um programa, tanto que ele mesmo aparece no menu Adicionar/Remover Programas, do Windows;
  3. O Windows enxerga o Wubi como um software que está em alguma pasta do HD e que ocupa 6,7,8 ou 9 GB (e assim por diante);
  4. O Wubi coloca no HD (você pode escolher a partição) os arquivos necessários para completar a instalação do Ubuntu e, grava um registro no disco rígido informando que o dual boot vai ser necessário (Na verdade ele faz isso na MBR);
  5. Quando você quiser retirar o Ubuntu, entre no Windows e desinstale o mesmo via Adicionar/Remover Programas (e tudo voltará ao normal).

Agora que sabemos um pouco mais sobre a mágica que o Wubi faz, vamos fazer isso na prática.

Procedimento de Instalação:

a) Coloque o LiveCD (pode ser pendrive!) do Ubuntu no seu PC com o Windows já carregado;

b) Depois de alguns segundos a tela do Wubi aparece. Clique na opção Instalar dentro do Windows;

Tela Inicial do Wubi

c) A tela de configuração aparece e você pode escolher a unidade onde o Ubuntu vai ser instalado (Nota: Tem que ter pelo menos 6,2GB livres para não dar problema), o idioma da instalação, o tamanho do espaço reservado para isso, o ambiente gráfico e seu nome de usuário/senha. Você pode usar o exemplo da figura abaixo (coloque o SEU nome de usuário!) e clique em instalar.

Configurando o Wubi
Instalação em andamento

d) Em seguida o Wubi irá pedir para reiniciar. Salve seus trabalhos, feche tudo e reinicie o PC.

Reiniciar o PC

e) Quando o PC reiniciar, você verá a tela de dual boot mostrando que é possível inicializar o Windows ou o Ubuntu. Escolha o Ubuntu para concluir a instalação.

Tela de Dual Boot entre Windows e Ubuntu (Rodando em Máquina Virtual)

f) Em seguida irá aparecer o sistema de instalação do Ubuntu informando que está concluindo a instalação. Espere até a sua conclusão.

Concluindo a Instalação do Ubuntu

g) O PC pode reiniciar depois de concluída a instalação do Ubuntu. Se isso ocorrer, no menu de dual boot escolha Ubuntu. O menu do Grub também pode aparecer (qual opção você vai escolher???).

Tela de Boot do Grub

h) E…voilà!! O Ubuntu está instalado e você pode fazer o login com as credenciais fornecidas por você no momento em que instalava o Wubi via Windows.

Login Ubuntu

i) Como podemos ver, o Ubuntu está instalado e operante!

Unity

Procedimento de Desinstalação:

a) Desligue/Reinicie o PC;

b) Na tela de dual boot escolha Windows;

c)Abra: Menu Iniciar -> Painel de Controle -> Adicionar e Remover Programas (Se você usar o CCleaner fica mais fácil!);

Painel de Controle - Windows XP

d) Quando os programas instalados no Windows aparecerem, escolha o Ubuntu e clique em alterar/remover;

Adicionar e remover programas - Escolha Ubuntu

e) Na janela que aparecer clique em Desinstalar;

Para retirar o Ubuntu, clique em desinstalar

f) Quando aparecer a informação que o Ubuntu foi desinstalado, clique em finalizar;

Clique em Finalizar para concluir o processo

Reinicie o PC e veja se a tela de Dual Boot vai aparecer (Já vou te adiantar, não vai aparecer!).

Pronto! Seja feliz usando o Ubuntu ou qualquer outro sistema que desejar.

Caso você decida instalar o Ubuntu de vez na máquina eu recomendo que você faça um backup dos seus dados antes, inicialize o PC com o pendrive/CD e siga os passos do assistente de instalação do Ubuntu.

Esta série finaliza aqui. Até o próximo post.

Deixe seus comentários, sugestões e por aí vai, na seção de comentários do site.

Criando marca d'água no LibreOffice Writer

por Klaibson Ribeiro

Essa opção de marca d’água é muito utilizada em papel timbrado, ou seja, naqueles documentos que identificam um documento oficial.

Para criar uma marca d’água no Writer é bem fácil, clique em Formatar >> Página. Logo em seguida clique na guia na aba Plano de Fundo e logo em seguida mude a opção Cor para Figura. Clique em procurar e selecione a logomarca da sua empresa.

Depois disso, clique em Posição e escolha em que posição fica melhor a marca d’água. Pronto, todas as páginas agora, contarão com marca d’água.

Acesse outras dicas no www.brofficeparaleigos.org

Programas abrem do nada

Olá Maudy,

Acompanho o site a algum tempo. Obrigado por compartilhar as dicas, são uteis demais. Estou com um problema e gostaria de sua ajuda.

Após desligar o computador com o skype, Rhythmbox e uma pasta de arquivos ainda aberta o UBUNTU 10.10 passou a se comportar de maneira estranha. Agora todas as vezes que eu ligo o computador os programas e a tal pasta citados acima iniciam junto.

Algo semelhante ocorreu quando eu utilizava o 10.04. Na época achei informação na internet dizendo que eu deveria excluir determinada pasta para que a informação “salva” fosse eliminada e os programas e as pastas não iniciassem, porém, hoje não lembro como fazer isso.

Você pode ajudar?

Obrigado.
From: Rodrigo

Solução

Antes de desligar o PC, feche todos os programas.
Vá em Menu Sistema > Preferências > Aplicativos de Sessão > aba Opções > clique em “Lembrar dos aplicativos atualmente em execução“. Feche e desligue o PC.

Espero que isso tenha resolvido seu problema. Até mais.

Xkill ou como matar uma aplicação

O leitor John McBride de Oliveira Obama, de Springfield- EUA, manda a pergunta: “Como posso matar uma aplicação que deu pau no Linux?”

Querido leitor, é muito difícil acontecer de uma aplicação dar pau no linux, mas não é raro nem impossível. E na maioria das vezes isso acontece mais por conta do Compiz que não se dá bem com a placa de vídeo.

Mas sempre existe um mail (meio, hehe) de acabar com uma aplicação que não responde nada. Para isso abra o terminal (aplicações > acessórios > terminal) e digite;

xkill

Dá ENTER e aí um ponteiro bem sugestivo mudará seu cursor e basta clicar em cima da janela crashada. Simples.

Mais uma dica que sempre poderemos usar! Até mais.