Como instalar plugin Java no Chrome

Existem alguns aplicativos e sites que necessitam do Java para funcionar, as vezes temos que fazer a instalação manualmente no Ubuntu, porém pode ocorrer alguns problemas na instalação, então o pessoal descobriu uma forma simples de resolver isso, principalmente quando precisa apenas do Java no chrome.

Basta digitar no terminal:

 sudo apt-get install icedtea-7-plugin

Bacana né? Com isso o seu Chrome irá rodar tranquilamente o Java.

Fonte: AskUbuntu

Acesse todos os serviços do Google pelo Chrome

A maneira mais fácil de acessar todos os serviços do Google que usamos mais e mais, é usando o plugin chamado Black Menu. Um menu para acessar todos os serviços preferidos do Google com um único clique.

Basta adicionar o plugin e sair usando. E lá estará toda a sua vida digital. Menos o link pro Facebook né?

 

Tweetdeck 0.38.2 Adobe Air no Ubuntu 12.04

Podem falar o que quiserem.
Podem criar o aplicativo via web que puderem.
Mas nada se compara ao aplicativo TweetDeck 0.38.2 desktop! Nada. Ele tem seus bugs, por ser um aplicativo que foi descontinuado, mas mesmo assim consegue ser melhor do que eu já testei.

Existem outros aplicativos, mas para controlar várias contas eu ainda prefiro-o. Isso é uma questão de opinião, é claro.

Mas antes de ensinar como instalar o danado, tenho que explicar umas coisas.

  • o Tweetdeck foi descontinuado (a empresa foi comprada pelo Twitter e inventaram uma versão online, meio chinfrim até o momento);
  • o Adobe AIR para linux foi descontinuado (só existem versões atualizadas para Windows e MAC).

Dito isto, vamos instalar o TweetDeck no Ubuntu 12.04, usando o Adobe AIR 2.6:

Baixe o Adobe AIR para linux

Clique aqui e baixe a última versão feita para a plataforma linux. Ela se chama AdobeAIRInstaller.bin. Salve na pasta Downloads.

Baixe o TweetDeck 0.38.2 para linux

Clique aqui e baixe a última versão do TweetDeck feita para a plataforma linux.

Instalando o TweetDeck no Ubuntu

Abra um terminal na pasta “Downloads” e dê os seguintes comandos:

chmod a+x AdobeAIRInstaller.bin
sudo ./AdobeAIRInstaller.bin

Terminada a instalação do Adobe AIR, clique no DASH e digite “AIR” e selecione o item Adobe AIR Application Instaler. Procure pelo arquivo do Tweetdeck.air e instale. Fim.

Se aparecer algum erro de gnome-keyring, use esta dica aqui.

Usando o TWEETDECK no Ubuntu 11.10, via WINE ou Chrome

O melhor programa de tweets do universo intergaláctico é o TWEETDECK.

Ele é tão bom que a empresa TWITTER acabou comprando o mesmo. E até então, você podia usar o TweetDeck no linux, via Adobe AIR, maaaaas… o mesmo foi descontinuado. Mas não se desespere, existem opções ainda.

Opção 1: via Chrome

Basta acessar a Web Store do navegador Chrome e instalar o plugin do Tweetdeck. Instalou e já pode ir usando, sem medo de ser feliz.

Opção 2: via WINE

Vá para o site oficial e baixe o arquivo .MSI. Assim que baixar o arquivo de 14mb de tamanho, clique com o botão da direita e dê permissões de execução. Ainda com o botão da direita, escolha abrir o arquivo pelo WINE e instale “normalmente”.

Tweetdeck
Tweetdeck

Se tudo correr bem, aparecerá esta tela aqui:

TweetDeck via WINE
TweetDeck via WINE

Assine com sua conta no TweetDeck e pode ir usando!

Tweetdeck
Tweetdeck

Qual opção eu escolho? A do plugin do Chrome por um único motivo: quando surge a janela de aviso de tweet da versão do WINE sai um pusta sinal escroto de áudio que só tomei susto! HAHAHA. Enfim, experimente.

Resolvendo o Missing Plugin no Chrome/mium no Ubuntu 11.10

Ai, você está navegando pela interwebs quando se depara com a mensagem:

“MISSING PLUGIN”

Pronto, lá vem o desespero de como assistir o streaming desejado no Google Chrome/Chromium. Mas não se desespere mais.

Seguindo esta dica aqui, fica fácil.

Basta ir na url do browser, digitar “chrome://plugins/” e desativar o plugin do VLC, re-iniciar o browser e voilá! Streaming perfeito!

ps.: no meu Firefox 8, ao acessar uma página com streaming proprietárias da Microsoft, a janela dava crash! 

A opção mais rude seria desinstalar o player VLC e optar em usar o SMPLAYER ou o MPLAYER. Aí, vai do gosto do freguês.

Pode não ser a solução definitiva, pois depende de alguns fatores pessoais de cada sistema, mas comigo funcionou de boa.