Comparativo entre o Unity e o Gnome Shell

post enviado pelo colaborador @reinaldo_bh

Muito tem se falado ultimamente sobre a decisão da Canonical em adotar o Unity como interface padrão do Ubuntu a partir da versão 11.04 a ser lançado em abril do próximo ano. Especularam até que seria o Gnome seria abandonado, que a Canonical ia gerar uma crise, etc.

Sabemos no entanto, que o Ubuntu é voltado para o usuário final, visando facilitar a vida deste. Este é o foco. Isto posto, os que usam Ubuntu já devem ter lido esta ou aquela análise sobre as interfaces. Mas, vejamos agora elas, lado a lado para que o leitor/usuário possa ter uma compreensão melhor.

Temos aqui ambas áreas de trabalho: a esquerda a do Unity e à direita do Gnome Shell.

Em comum, ambas aboliram a para inferior do Gnome e, o Unity foi além: introduziu uma barra ou “dock” lateral onde aparecerá os programas mais utilizados e os execução. Isto pode ser justificada pelo fato de que tanto notebook, netbooks e monitores atualmente vem no formato widescreen possuindo generosa largura em detrimento da altura. Com a barra superior e inferior, este espaço, torna-se ainda mais estreito.

No Unity, os programas em execução aparecem com seus ícones destacados, enquanto no Gnome Shell, aparecem na barra superior. Cabendo salientar que, em ambos os casos, os menus dos programas abertos aparecerão, a priori, na barra superior, sendo que, neste nosso teste, programas como o Firefox, ignoraram esta premissa e exibiram seus menus em sua própria janela. Continue lendo “Comparativo entre o Unity e o Gnome Shell”