Ubuntu domina a CHINA

O governo da China escolheu o UBUNTU, da Canonical, como o sistema operacional padrão estatal. Eles estarão nos pcs, servidores, tablets e espertofones.

O resultado desta escolha será uma versão focada ao mercado chinês, denominado UBUNTU KYLIN. A empresa inglesa entrou em acordo com a China Software and Integrated Chip Promotions Centre (CSIP) e a Universidade Nacional de Defesa e Tecnologia de Beijing, criando um laboratório para este projeto.

Assunto indicado:  Ubuntu Single Sign On

8579987758_430b45b8b2

Mais informações aqui.

Negócio da China

Nesta, a Canonical acertou em cheio. Num mercado de bilhões de possíveis novos usuários e com o apoio do governo comunista mais fechado daquele lado do planeta (acho que a Coréia do Norte também esta nessa…), será que desta vez, empresas como a Apple e a Adobe deixarão seus programas mais famosos sem rodar no linux?