Instalação via Wubi: todo primeiro contato com Ubuntu devia ter sido assim

Instalação via Wubi: todo primeiro contato com Ubuntu devia ter sido assim

É comum um usuário Ubuntu incentivar sua utilização para amigos e familiares, contando as vantagens e benefícios, oferecendo-se para instalar em seus notebooks e computadores, carregando o pendrive no bolso e fazendo todo aquele processo através do BOOT via USB. É a maneira mais rápida e tradicional de se instalar, isso se você tiver conhecimentos básicos de informática, mas e quem nunca teve contato e está sozinha? Ela também tem direito de poder experimentar o Ubuntu e ver se atende suas necessidades. Então aí que entra o Wubi.

Wubi



O Wubi foi uma sacada genial dos desenvolvedores para que seja incentivado a instalação facilmente através de sistemas como o Windows através do arquivo.exe.

Instalar via Wubi é tão fácil quanto o MSN. Pois é, se você já o instalou um dia, com certeza tem as habilidades necessárias para poder ter o gosto e conhecer mais de perto como funciona um sistema open source, e o melhor que tudo é rápido, fácil e retroativo, ou seja, se caso não gostar, desinstalar será simples e não deixará qualquer tipo de vestígio em seu computador, comprometendo em nada em seu funcionamento antigo.

Se estiver em 2 pessoas, aconselho que deixe o aplicativo no desktop e deixe que o próprio usuário faça a instalação, dando suporte quando houver dúvidas e dando dicas de como proceder nos momentos em que houver hesitação. Em poucos passos e em curto tempo poderá ter 2 sistemas em dual boot, podendo escolher qual deseja utilizar. Se caso você compartilha seu computador com outras pessoas, elas podem utilizar tranquilamente o sistema atual e você pode explorar o Ubuntu do outro lado, e tenho certeza que irá gostar, e irá incentivar a migrarem também.

O legal é que caso não se satisfaça, a desinstalação demora apenas 6 segundos! Então não há desculpas para não poder explorar e sair um pouco da sua zona de conforto, até porque as melhores coisas da vida acontecem quando saímos dela.

Alternativas ao Wubi

Utilizar Ubuntu via virtual machine não traz uma boa experiência, principalmente para iniciantes, os métodos de configuração não são amigáveis e sempre surge alguns problemas no processo de instalação. Se a pessoa conseguir fazer a instalação sozinha via Wubi, desinstalar não será um processo de outro mundo. A pessoa tem o total controle dos procedimento, além de que vale como uma ótima experiência, e toda experiência nova é bem vinda, vale muito como aprendizado.

Dê poder e autonomia ao novo usuário, incentive a curiosidade, mostre os caminhos para que possam adaptar o sistema de acordo com o que precisar, se caso desejar o messenger, um editor de imagens, player de vídeo ou músicas, há programas sensacionais que suprem completamente seus desejos diários.



Instalar Ubuntu via pendrive traz a ideia de que é complicado, não é qualquer um que sabe mexer na BIOS de seu sistema por mais simples que seja, amedrontando cada dia mais novas pessoas que desejam experimentar algo novo. Confesso que sempre instalei via Wubi e não tive qualquer tipo de problema, e tenho a total liberdade de a qualquer momento cansar ou desistir do sistema e voltar para o antigo, mas isso é muito improvável. É leve, rápido, prático, ganho muito tempo procurando meus arquivos através do Unity ao invés de ficar clicando pasta por pasta.

E aí, qual era o seu maior medo tentar experimentar o Ubuntu? Diga para o pessoal como foi sua experiência, sempre terá pessoas que estão passando agora por isto e você pode ajudá-lo com muito pouco. Colabore, todos tem a ganhar com isso.



Autor: Eric Hideki

Pythonista e autor do blog Aprendendo Python http://ericstk.wordpress.com/