Estrutura de diretórios no Linux

A identificação dos objetos de um sistema de arquivos Linux é conhecida como inode. Ele carrega as informações onde o objeto está localizado no disco, informações de segurança, data de criação e a última modificação dentre outras informações.



Quando criamos um sistema de arquivos no Linux, cada dispositivo tem um número finito de inodes que será diretamente proporcional ao número de arquivos que este dispositivo poderá acomodar.

Comparando com o Windows, a organização dos diretórios do Linux é pouco mais complexa, porém você vai perceber que é a maneira correta conforme for lendo e entendendo.

Estrutura de diretórios do Linux

  1.            –       Diretório raiz.
  2. /bin       –      Diretório onde estão os arquivos  executáveis e comandos essenciais do sistema.
  3. /boot     –      Diretório onde estão os arquivos necessários para iniciar o sistema. Aqui é onde fica localizada a imagem do Kernel do Linux.
  4. /dev       –      Diretório onde estão os arquivos de dispositivos do sistema, como discos, cd-roms, terminais etc.
  5. /etc         –      Diretório onde estão localizados os arquivos de configuração do sistema.
  6. /home     –     Diretório que geralmente é usado  pelos usuários.
  7. /lib          –      Diretório onde estão localizadas as bibliotecas essenciais ao sistema, utilizadas pelos programas em /bin e módulos do Kernel.
  8. /mnt         –     Diretório vazio. Este diretório geralmente é utilizado para pontos de montagem de dispositivos.
  9. /proc        –     Diretório que possui informações do Kernel e de processos.
  10. /opt          –     Diretório onde estão localizados os aplicativos instalados que não venham com o Linux.
  11. /root         –     Diretório do superusuários(root). Em algumas distribuições ele pode ou não estar presente.
  12. /sbin        –      Diretório onde estão os arquivos essenciais do sistema, como aplicativos, utilitários para administração do sistema. Normalmente só o superusuário(root) tem acesso aos arquivos.
  13. /tmp          –      Diretório de arquivos temporários.
  14. /usr           –      Diretório de arquivos pertencentes aos usuários e a segunda maior hierarquia de diretórios no Linux.
  15. /var           –       Diretório onde são guardadas informações variáveis ao sistema, como arquivos de logs etc…

fonte