Configurando o Empathy para acessar o chat do Zimbra (Ubuntu 11.10)

O Zimbra é uma suite colaborativa de e-mail cujo foco é ser uma alternativa livre ao Microsoft Exchange. Muitas empresas e provedores (Yahoo!, por exemplo) fazem uso dessa solução de código aberto, tornando-se ferramenta de comunicação essencial nestes ambientes.

Entretanto, por padrão, o acesso ao chat do Zimbra se dá por meio de sua interface de Webmail, fazendo com que uma aba do navegador fique aberta permanentemente para essa função.

Assunto indicado:  Ubuntu é a distribuição do ano. Pela 7º vez.

Para quem utiliza o Empathy (ou outro software de chat, como o Pidgin) para acessar MSN, Google Talk, XMPP e derivados, o acesso ao chat do Zimbra pode ser uma alternativa interessante.

Vamos à obra!

1. Acessar o Empathy.

2. Clicar em Editar / Contas (ou pressione F4).

3. Clicar no ícone  na tela que surge.

Assunto indicado:  Habilitando o efeito CUBO no Ubuntu 11.10

4. Escolha o Protocolo Jabber.

5. Deixar o Item ‘Esta conta já existe no servidor’ marcado.

6. No campo ‘ID de login’, entrar com seu e-mail completo de acesso ao Webmail do Zimbra ([email protected]ervidor.com.br).

7. Clicar em ‘Lembrar senha’.

8. No campo ‘Senha’, entrar com sua senha de acesso ao Webmail do Zimbra.

9. Clicar em Avançado ().

Assunto indicado:  Instalando o BrOffice.Org 3.3 no Ubuntu

10. Ativar ‘Criptografia requerida (TLS/SSL)’.

11. Ativar ‘Ignorar erros de certificado SSL’.

12. Deixar ‘Recurso’ em branco.

13. Deixar ‘Prioridade’ como 0 (zero).

14. No item ‘Sobrescrever configurações do servidor, entrar com as
seguintes informações:
– Servidor: servidor.com.br
– Porta: 5223
– Ativar ‘Usar criptografia SSL’.

15. Clicar em ‘Conectar’.

Pronto! Você agora você estará Zimbrado!

Damasceno

Autor: L. Damasceno

Professor da Universidade Federal de Alfenas, no Campus de Poços de Caldas, atuando na área de Engenharia de Meio Ambiente. Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia Ambiental (http://www.unifal-mg.edu.br/ppgcea). É entusiasta e usuário de software livre desde 2000.