A guerra acabou e o Linux venceu

por Jurmir Canal Neto

Inspirado por esse post escrito por Vitorio Furusho no Software Livre Brasil resolvi expor aqui os motivos pelos quais eu penso que a “guerra” acabou.

Mas que guerra mesmo estamos falando?

A Guerra entre os Sistemas Operacionais Linux e Windows. Explico: Em 2006 quando eu fui na minha primeira Latinoware o que eu vi lá era mais ou menos um pensamento de guerrilha, muitas das palestras que assisti procuravam mostrar mais os erros do Windows do que os acertos do Linux. Lembro me muito bem de um palestrante ser escorraçado pela sua plateia pois usava em seu notebook um Windows XP, mesmo que a sua apresentação não tinha qualquer coisa a ver com o sistema operacional.

Assunto indicado:  Crie uma partição "/Home" em separado

E por que você acha que ele ganhou?

O Linux está tão consolidado no mercado que não tem mais sentido discussões sobre “quem é melhor”. É impossível encontrar uma empresa ou pessoa que não use Linux, mesmo que seja indiretamente. Explico: como vocês devem ter lido no post que eu citei como inspiração, praticamente tudo na web roda sobre Linux, servidores, firewalls, essa página que você está lendo está hospedada em um servidor Linux e não é só isso, 91% dos 500 maiores computadores do mundo rodam Linux.

Assunto indicado:  Avidemux 2.5.0

Tem também aquele tal de Android que a cada dia ganha meio milhão de aparelhos, se lembrarmos que o Android é em seu cerne “um Linux”, só ajuda a provar a força e superioridade do sistema.

E daqui pra frente?

Acredito que o único fronte de batalha onde o Linux não ganhou foi no desktop pessoal, mas já vemos uma grande mudança em relação ao passado. Com o Ubuntu carregando a bandeira a frente, o Linux entrou firme nesse mercado e cada vez mais conquista novos seguidores.

Assunto indicado:  Assine nosso Newsletter

Entretanto acredito que o fato de ser não o desktop do futuro não é em si muito relevante, tendo em vista que com o advento dos sistemas web o desktop em si tem se tornado cada dia menos importante para a grande maioria dos usuários que passa a maior parte do tempo usando somente o navegador.

Comente!