Xubuntu rodando em um Asus Eee Pc antigo

Na semana passada a assistente social aqui do trabalho me trouxe um Asus Eee PC bem antiguinho para dar uma olhada, pois dizia que o desempenho estava horrível e que não entendia porcaria nenhuma de computador, bem lá fui eu dar uma olhada no menino, rodando Windows XP SP3 e AVG como antivírus.



Vi que o Win XP ocupava quase todo o disco rígido da maquinhinha, e que o aproveitamento de espaço do desktop era péssimo!

Não havia mais espaço para instalar MSN Messenger nem para criar sequer um arquivo de texto comum, sem contar o processatento que beirava o 100% com o AVG e mais um bocado de coisa que estava instalado.

A unica solução que encontrei, foi instalar uma distribuição Linux nele e personaliza-la o máximo possível para que ela a usasse sem ao menos percerber o sistema que estava usando.

Primeiramente vamos aos detalhes técnicos:

    Processador: Intel Mobile 900MHz
    Memória RAM: 512mb
    Disco Rígido: 4Gb SSD
    Webcam Integrada
    Teclado QWERTY (USA)
    Tela 7″
    Portas USB
    Touchpad
    CardReader
    Microfone e Auto Falantes integrados

Este modelo é um dos primeiros lançados por aqui, lembro-me que a alguns anos custava 900 reais, hoje se ainda vender, deve custar bem menos que isso.

Comecei então a minha saga a procura da melhor distro (de preferência Ubuntu) para colocar na maquininha.



Comecei obviamente com o Ubuntu Netbook Remix, pois estava doido para ver o Unity rodando num netbook de 7″. Para minha surpresa, ele não aguentou, e no final da instalação dava erro. Possivelmente com algumas gambiarras eu conseguiria fazer funcionar, mas queria algo que pegasse de primeira, sem gambiarras!

Tentei então o Lubuntu, que usa o LXDE como gerenciador de janelas, gerenciador este que já é bem mais amigável a usuários novos. Inicialmente foi tudo bem também, deu boot, abriu o instalador e lá no final da instalação, mais uma vez deu pau.

Recorri então a nosso ratinho amigo, o XFCE. Mandei bala no Xubuntu pra ver no que dava, e para minha alegria, depois de uma certa demora na instalação, ocorreu tudo bem! Assim que deu reboot, ele demora um pouco para inicializar, mas depois de todo sistema carregar, o menino fica uma bala!!!

Atualizei os repositórios, instalei as atualizações e alguns aplicativos básicos: Repositório Medibuntu + Codecs, java, flash e essas coisas todas, Cheese para testar a webcam e o emesene para que ela possa logar mais familiarmente em seu mensageiro preferido.

Organizei o painel na parte inferior da tela, retirei e adicionei lançadores e após alguns minutos já havia construido uma interface amigável para qualquer usuário Windows poder se esbaldar com o bixinho.

Como para ela o que precisava era internet, msn e processador de texto, já coloquei tudo no desktop para um acesso rápido, testei o wireless e funcionou bacaninha!

Pensei seriamente em instalar o Chromuim Browser, mas como meses atrás eu a doutrinei com o Firefox, o mantive como browser pagrão mesmo, porém ele ocupa um espaço danado da tela, tive que remediar isso com um tema maluco e minimalista que lembra o Google Chrome, que alias pode ser baixado neste link.

É interessante também perceber que quando mais de uma janela do mesmo aplicativo são abertas, elas são agrupadas, o que otimiza muito a gestão do espaço do desktop.

Quanto ao desempenho, de acordo com o gerenciador de tarefas, a CPU costuma se manter em 25%, e o mesmo vale para a memória RAM e zero no Swap. Obtive também um resultado interessante com o disco rígido, que agora tem 1,8Gb livres para usar como bem entender.

Seguem agora mais algumas telas do Xubuntu rolando num Asus Eee PC:

Desktop customizado, vizando melhor aproveitamento do espaço.

Webcam funcionando perfeitamente.

Visualizador de imagens muito interessante, que lembra o do Windows XP.

Gerenciador de arquivos.

Editor de texto AbiWord leve e intuitivo.

Para baixar o Xubuntu: http://www.xubuntu.org/getubuntu

#CONCLUSÃO

Acredito que pelas minhas palavras e pelas imagens exibidas, é nítido como uma maquina tecnicamente fraca para nossa realidade atual pode obter um desempenho satisfatório e uma aparência leve e intuitiva utilizando uma distribuição Linux, sem contar a segurança né…

Resumindo, não só Ubuntu Netbook Remix, mas também outras distribuições podem ser utilizadas como desktop em um computador portátil qualquer.

Lembrando que não precisei baixar nenhum driver, não precisei fazer nenhuma gambiarra e o máximo que fiz foi instalar poucos aplicativos de minha preferência para que ele chegasse a este resultado. Netbook totalmente compatível com linux.

Agora fico aguardando o pessoal do twitter da @asusbr comentar aqui no blog, pois eles me pediram pra mandar o link pra eles quando falei que ia fazer este review!

Aguardo também eles mandarem mais umas máquinas deles aqui pro Ubuntu Dicas Labs (representado por minha pessoa) pra que eu possa fazer um review das máquinas novas deles! (vai que cola)

Sendo assim, termino o artigo deixando como de costume meus contatos para o pessoal que quer me seguir no twitter ou mandar um e-mail:
[email protected] e @tittao