Do 10.04 pro 10.10

Regras na mudança

Esta chegando o momento de fazermos o upgrade no sistema. E quando esse dia chegar, não podemos esquecer de algumas regras básicas, mas que fazemos questão de não segui-las e ai, só chorando “o leite derramado”.

Regra básica

Eu aconselho em fazer backup SEMPRE de seus documentos (pasta /usuario). Você queimar seus documentos num DVD-R, num pendrive, em CD-R ou até mesmo criar uma partição /Home separada.



Mas o importante é que não seja preguiçoso e faça seu backup! Você nunca vai se arrepender.

Existem duas formas de atualizar o Ubuntu 10.04 para o 10.10:

1) On-line

Nesta forma, você baixa os arquivos na hora e o sistema trata de ir se atualizando. Para isto, basta clicar ALT + F2 e digitar “update-manager -d” (sem aspas).

O processo é fácil e auto-explicativo.

Prós:
– não precisa queimar nenhuma mídia.

Contra:
– precisa de banda larga e alguma paciência.



2) baixando o arquivo .ISO

Este é o jeito mais comum. Você baixa o arquivo .ISO referente ao seu harware (32 ou 64 bits), “queima” numa mídia CD-R ou num pendrive (prefiro num pendrive. Não gasto $$ e é “politicamente correto”) e re-inicia seu micro com o boot pelo drive de CD ou pelo USB. Aí é só seguir os passos normais de instalação.

Sugestões

Pela minha experiência, posso afirmar com alguma convicção que independente da forma como irá atualizar a versão do seu Ubuntu, faça isso depois de uns 20 a 30 dias DEPOIS do lançamento.

Explico: o sistema apesar de estar pleno para uso imediato sempre terá updates diários, por conta das informações que a Canonical irá receber dos seus usuários/forncecedores. E isso acarreta updates constantes que muitas vezes pode gerar a falsa impressão de que o sistema é falho ou inacabado.

Outra coisa. A versão 10.04 esta bem segura e sendo LTS você não precisa se preocupar com o suporte durante 3 anos. A versão 10.10 não tem um visual diferente o bastante que necessite de um upgrade. Vai de sua necessidade ou ansiedade em usar.

Enfim, experimente o Ubuntu.