SK1: o CorelDraw e Ilustrator para linux

40 Flares Twitter 18 Facebook 17 LinkedIn 4 Google+ 1 Filament.io 40 Flares ×
Muita gente não muda para o Linux por conta de seus aplicativos preferenciais no Windows que não existem similares ou compatíveis. O que não deixa de ser comum, mas as vezes, aparece algo que possa nos surpreender.

Você que é fã do CorelDraw e do Adobe Ilustrator e que nunca testou o Linux por não ter encontrado algo que lhe satisfaça plenamente, pode testar o SK1 Project.

O SK1 é um aplicativo open-source (software livre) que substitui os programas de ilustração como o Corel Draw ou o Adobe Illustrator. A plataforma principal é para o GNU/Linux mas versões para Win32 e MacOS X estão programadas.

O sK1 apoia os profissionais com features tipo cores CMYK, separações, gerenciamento de cor ICC e saída em PDF.

sk1

Instalação

Vá para a página de download e baixe os arquivos .DEB correspondentes ao seu sistema. Eu usei os arquivos da versão 32bits.

Dê duplo clique nos arquivos e instale.

Repositório PPA:

$ sudo add-apt-repository ppa:stani/ppa

(dica do @g0nc1n)

Uma coisa interessante é que ele não instala um item dentro do menu APLICATIVOS > GRÁFICOS, como achamos que deveria ocorrer. Mas não se desespere.

Dê um clique com o botão direito no item APLICATIVOS e selecione EDITAR MENUS. Vá para o item GRÁFICOS e ao lado escolha INCLUIR ITEM.

Neste ponto, você irá incluir o SK1 no menu. Basta colocar o nome do aplicativo e no campo abaixo escreva “gksudo sk1″ (sem as aspas). Escolha uma imagem (PNG ou JPEG) como ícone do programa (não veio um na instalação) e clique OK.

Prontinho. Pode usar agora o SK1 e depois me diga se valeu ou não.

Post feito a partir da dica do @Aranho.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Maudy T. Pedrão

Programador Visual, webdesigner e diretor da WD-me e entusiasta linux há 7 anos. Ganhador do prêmio TOPBLOG 2010 na categoria "Tecnologia" - escolha do júri acadêmico e TOP3 2011 pelo voto popular, na mesma categoria. Fez entrevistas para TV (Olhar Digital) e Rádio (CBN) falando sobre Linux/Ubuntu.

More Posts - Website - Twitter - Facebook - Google Plus

23 comentários

  1. Salve,

    Só não entendi como instalar ele no Karmic via esse repositório, já que o pacote informado ‘sk1′ está somente para o Jaunty e o Intrepid. Para o Karmic tem ‘phatch’.

    Esse repositório server ou não para o Karmic?

  2. Funciona tranquilo basta apenas instalar os dois pacotes:
    http://sk1project.org/downloads/sk1/0.9.1pre_rev905/sk1libs-0.9.1pre-rev905_0ubuntu1_9.10_i386.deb

    http://sk1project.org/downloads/sk1/0.9.1pre_rev905/sK1-0.9.1pre-rev905_0ubuntu1_9.10_i386.deb

    se for 32 bits, uma ressalva apenas na criação do link: ao invés de:
    “gksudo sk1″
    “sk1″

  3. Não gostei, além de ser totalmente em inglês, achei muito mais fácil usar o Inkscape, principalmente, porque o ink está muito mais documentado, e é de fácil ajuda na comunidade.
  4. Gostei. Muito legal. Até postei em meu blog.

    Boa Dica !

  5. Não consegui abrir arquivos cdr! Instalei os arquivos com o uniconverter. Uso o Lucid, mas tinha tentado no Karmic, porém também não havia funcionado.
  6. Valeu…Muito bom. Mantinha o Windows somente por causa do Corel

    abçs
    Eder
    iCuritiba.com – Imóveis em Curitiba

  7. Olá, fui na página de instalação mas não tem a versão para ubuntu 10.11… qual devo baixar?
    Muito obrigado!!!
    Rodrigo.
  8. Tem algum plugin para abrir arquivos .cdr?
    Se tiver posta como fazer gostei muito SK1
  9. Muito bom, eu estava mesmo sentindo falta dos recursos do Corel Draw. Nem precisei editar o menu Aplicativos, ele criou automático.
    Uso o Ubuntu 10.10

    Parabéns pelo post, muito bom abraço !!!!

  10. Legal, mas poderia postar o manual de operação, e se possível explicar como recortar imagem para retirar o fundo como no corewdraw. Não vi a ferramenta (faca). agradeço

Poste um Comentário

Você pode usar as seguintes tags HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>