O Ubuntu cresceria se mais crianças utilizassem?

crianças usando linux

Sei que é um MacOS, mas ele é baseado em Linux :D

APRENDA A DOMINAR O LINUX

Aprenda a dominar o LINUX de uma vez por todos, pegue sua cópia

  • Ferramentas para instalar softwares adicionais
  • Shell do LINUX passo a passo, e muito mais...

Acredito no poder de transformação das crianças, e porque não podem mudar o rumo do Ubuntu?

Esse é um post rápido e reflexivo, no qual o conteúdo será gerado a partir dos seus comentários, então não deixe de deixar sua opinião que será essencial. 

Por mais que o governo brasileiro tenha incentivos para uso de software livre, sabemos que grande parte dos computadores de escolas ou uso doméstico são em grande parte do sistema da janelinha, porém é um fato em nossa terra tupiniquim é que são compostos por software pirata, infelizmente.

Estava pensando que com o crescimento de usuários Linux através de crianças poderia ser um excelente case mostrando que o sistema é totalmente amigável, desmitificando mitos. Com o uso e acompanhamento certo, crianças e adolescentes podem utilizar tranquilamente seus programas favoritos e jogos, com a facilidade que a Steam vem integrando ao sistema, e quanto mais usuários utilizarem, mais as empresas de placas de vídeo irão criar suporte. Se tornará um efeito dominó, e em um bom sentido.

Assunto indicado:  OpenOffice.org agora é da Apache Software Foundation

Diga nos comentários como as crianças poderiam ajudar no crescimento do sistema, quais facilidades e problemas que podem encontrar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

  1. Certamente haveria sim um crescimento. Porém é importante que alguém já tenha o conhecimento do sistema, quer seja através dos pais, das escolas e amigos. Mas acredito que o sistema da janelinha boicota demais o uso do Pinguim, que na minha opinião é uma triste realidade, embora eu saiba que o Linux está bastante amigável, estável e o melhor…grátis!!!

  2. Afirmativo , com certeza ao se acostumar com um mundo livre desde pequenas ,além de fazer com que se apaixonem pelas facilidades do sistema as empresas se sentiram pressionadas a desenvolver algo para que os usuários possam se distrair e divertir ,assim como programas para trabalho !

  3. Édipo Elder diz:

    Corrigindo: o OS X é baseado em Unix.

    Creio que o problema é de uma forma geral a quebra de paradigmas. Todo usuário é resistente à mudanças, seja de deixar de usar papel para usar um ERP, seja de usar um Windows 7 para usar um Windows 8, ou um Linux.

    Crianças usando desde cedo criariam um hábito com o ambiente, o que o tornaria atrativo. Para alcançar tal objetivo, a plataforma deve investir em aplicativos educacionais, que podem ser explorados em escolas para melhorar o ensino, bem como jogos, já que este é um maior atrativo que uma criança/jovem tem para a informática.

  4. Marcelo Stanislaski diz:

    Ao meu ver, a Ubuntu (como a maioria das distro) é mais intuitivo que o “sistema de janelinhas” para quem se depara no computador pela primeira vez, é mais fácil aprender a utilizá-lo com Ubuntu do que com windows. As dificuldades de adentrar no mundo linux, não seriam sentidas se o primeiro contato com o computador se desse por intermédio de um SO linux.

    Trabalho em um laboratório de escola, atendo alunos desde o primeiro ano (com 6 anos de idade) até o final do ensino médio, por vezes o primeiro contato com o computador, é no momento que os alunos vem ao lab. e todas as máquinas aqui, utilizo-me do ubuntu, vejo uma dificuldade inicial dos alunos mais velhos (que logo desaparece), e vejo uma facilidade por parte dos alunos mais novos.

  5. Kleber Chiles diz:

    O grande problema nas pessoas (estou falando da maioria, não de todos) em nosso pais, é a grande resistência em aprender coisas novas ou em simplesmente mudar. Digo isso porque fui assim por muito tempo, até que descobri o prazer em aprender. Para utilizar linux basta saber ler, crianças, jovens, adultos todos podem utilizar. O windows só é o SO mais utilizado porque tem mais “marketing” do que os outros. Ou vocês acham que se houvesse comerciais na REDE BOBO de televisão, em seu horário nobre enaltecendo os SO baseados em Kermel do Linux ele não seria utilizado tanto quanto ou até mais do que Windows?

  6. Acredito que sim…

  7. eu acho que esse isentivo do governo nn existe ‘–‘
    ta certo que tem o tal lixo do linux educacional que vem em pcs de escola so para da uma economizada nas licenças do windows, mais veja so….
    todos os sistema de gerenciamento de alguma coiso do governo usa o windows….
    eu trabalho em uma prefeitura e essa semana mesmo uma menina veio me pedir para formata o pc dela pq nn tava ligando e tinha que ser o windows xp pq o programa para fazer carteira de trabalho so funcionava no windows xp ¬¬
    isso é uma piada….
    as prefeituras gastão milhares de R$ com alugueis de software, ao invés do governo criar alguma coisa, aki so para ter uma ideia, é mais de 2 mil por mais que se paga pela licença dos todos os softwares alugados ¬¬

  8. Eu uso Ubuntu e tenho 12 e meu primo tem 7 anos e adora o Ubuntu ele só usa o pc se tiver o Ubuntu porque ele não sabe usar Windows

  9. Acredito que seria uma boa iniciativa conquistar as crianças com o uso do Ubuntu.

    Meu sobrinho de 7 anos, usa o Ubuntu sem nenhum problemas. Gosta e acha bonito.

  10. A uns anos atras eu estava dando aulas voluntaŕias usando as salas de informatica de uma escola publica, e como parte da experiência, instalei Ubuntu 6 e o Kurumin nas maquinas mais antigas. A criançada brilhava os olhos e achava muito mais bonito e pratico de usar os linux. Tanto pela variedade de programas quanto pelo visual (algumas quando usavam o windows em casa trocava a barra de iniciar de lugar e as cores basicas das janelas)… O que mais ouvia era sobre o Linux não fica perguntando tempo todo de como fazer as coisas e eles adoravam Tux Paint e os editores de imagem simples (não lembro qual era um que concorria com o paint mas tinha pinceis e trabalhava com transparencia)…
    E pelo fato da internet (discada) funcionar um pouco mais rapido (pois quando navegava não precisava fechar tudo aberto como no 98/ME).
    É divertido.

  11. Carlos Felipe diz:

    Corrigindo, Mac OS X é baseado no BSD Unix, Linux é um Unix-like.
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Sistema_operacional_tipo_Unix

  12. Para que as crianças utilizem é preciso que educadores conheçam os SO baseados em Linux. E possam disponibilizar às crianças conteúdo educativo e criá-los . É fato que divulgação é essencial. Muitas pessoas não tem conhecimento da existência dos SO baseados em Linux ou ouviram somente um boato… Não deixarão a comodidade do SO que utilizam para tentar algo novo sem demonstração convincente.

  13. Diogo Olegario diz:

    Acredito no trabalho da Canonical, e espero que o Ubuntu seja popular assim como Windows é! Uso ubuntu mais ou menos uns quatro anos. E nuca mais deixei de usar! Não desmerecendo a Microsoft, mas sou a favor de sistemas mais inteligentes, práticos e atraentes. O ubuntu trás tudo isso consigo!

    Felicidades a todos do blog UbuntuDicas!

  14. Então… É bem isso que o projeto UbuntUCA vem fazendo a 2 anos!
    Quem quiser conhecer um pouco o projeto, pode visitar nossa fanpage: http://www.facebook.com/UbuntUCA

  15. Minha filha tem 7 anos, e desde os 4 anos ela usa Computador com sistema Linux: ubuntu, debian, fedora…

  16. Marco Antonio da Rosa diz:

    Realmente se o primeiro contato for com linux (se for uma distribuição descente) mesmo que seja adulto,
    é dificil que voltem para o windows, eu pessoalmente já formatei mais do 500 computadores de amigos vizinhos creches e azilos e nunca tive reclamação de ninguem só um amigo voltou para o windows, mas voltou ligeirinho quando teve um trojan no computador e levou todas as fotos dele.

  17. As crianças usam sem problemas o Linux, desde que ele esteja intalado no computador. Obviamente que tem que haver aplicativos atrativos ( jogos e educaionais ) disponíveis no mesmo. A barreira está nos adultos que a qualquer mudança de lay-out , nome de aplicativou , etc se apavoram. As crianças são a própria mudança e usam naturalmente o sistema do pinguim.
    Já tive experiência de orientar criança apartir de 3 anos , utilizando o Gcompiz , elas brincam e se divertem facilmente… recomento experimentarem : http://www.qimo4kids.com/ ou mesmo instalar no seu ubuntu o pacote GCompris ( http://gcompris.net/-pt-br- ) para o qual o Qimo é customizado. Seja Livre, continue usando GNU/Linux.

  18. É, se for ver é muito bem pensado o título !

  19. Tanto minha filha de 6 como minha enteada de 10 usam Ubuntu e não sabem nem o que é Linux ou Windows. Nunca nenhuma das duas reclamou sequer. Problema é depois em uma escola ou faculdade serem empurradas com Windows e aí a confusão começa.

  20. Tenho uma filha de 2 anos e rodei por live cd o doudou linux ela amou, brincou com muita facilidade. Acho que antes de incentivar as crianças com o ubuntu direto dependendo da idade devia ser apresentado a elas as distros voltada para as crianças , depois o ubuntu.Mas uma coisa que é certa conforme um post escrito aqui é que quem muda para o linux e apreende o quanto ele é um sistema facil inovador nao volta par ao windows. E o windows nao é mais popular por ser melhor,mas porque eles nos empurram a força nao nos dao direito de escolha, Essa tipo de compra casada nunjca em agradou

  21. Aqui em casa ja pus minhas irmãs e minha prima para trabalharem com Ubuntu minha prima fico assustada , ela achava que o sistema era um bicho de sete cabeças , e viram que para o usuário ele e super amigável .

  22. Conheço uma criança aqui perto de casa que ganhou um novo PC me chamou pra mexer, quando vi estava com Linux (uma dessas distros brasileiras), nem me ofereci pra instalar o Windows, apenas corrigi o ambiente gráfico que não estava aparecendo os menus, depois que arrumei ele continuou usando feliz, se adapta muito bem, usa até o Alt+F2 pra chamar comandos, coisa que nem eu faço.

  23. Eu passei por isso. Os dois computadores da biblioteca da minha escola usavam o saudoso Kurumin. Cresci mexendo em diferentes SOs e optei pelo linux definitivamente em 2006. Acho que esse é o caminho pra mostrarmos à nova geração que eles são os responsáveis pelas suas escolhas e que é sempre melhor estar disposto a aprender a algo novo do que se acostumar com o mesmo.

  24. as crianças crescerias mais! sim. só deve ter um incentivo a mais para que elas (crianças), tenha prazer em rodar linux.
    um incentivo para as crianças pode ser os jogos famosos que roda na janela, e rodasse com perfeição no pinguim.
    quando instalo sistema operacional, só utilizo software livre no computadores de clientes.

  25. Vixi! MacOSX baseado em LINUX!!!??? Ai forçou legal heim.
    Eu posso me dizer que sou um exemplo em incentivar crianças, jovens, adultos e até pessoas com deficiencia ou com doenças em alzheimer, divulgando e desenvolvendo meios de instalações de jogos em suas distribuições Gnu/Linux baseado no Debian/Ubuntu.
    Agora a mais de 8 anos neste ramo, ja me sinto como uma missão complida.
    O pessoal ja ver o Linux com outros olhos no mercado de hoje.

  26. Matheus Barbosa diz:

    Qual o problema? Simples OSs carregam o ‘FALSO fardo’ de não terem os programas, aplicativos, funções e varias outros quesitos que o Windows tem, e outras coisas que todos iram concordar USUÁRIO COMUM É BURRO, não me interpretem mal, sei que tem exceções.

  27. Douglas G. Oechsler diz:

    Acho que não é questão de ser mais burro, menos burro. Todos temos capacidades, uns mais rápidos outros nem tantos pois, cada um tem o seu tempo. Acredito que tudo seja uma questão de adaptação. Engraçado que a tela do mac é diferente do win, mas nunca ninguém comenta algo de quando muda para o mac, mas quando se trata do LInux… é difícil, é não sei o que…não é!. Na verdade é puro preconceito. Toda comida que não conhecemos a primeira reação é: – pode ser a cor da comida – ahhh eu não gosto disso. Nunca provou e já tem um preconceito. Eu uso o Linux a 7 anos porque cansei dos vírus e pau do sistema do windows, perda de arquivos, manutenção. Hoje não consigo voltar pro windows. Tudo que preciso fazer faço com o Linux perfeitamente e mesmo que ainda tenha dificuldade em algo novo, basta ler, pesquisar. Há milhões de pessoas que usam e todo mundo está prestes a te ajudar com boa vontade e humildade pois, todos querem ver o sistema ser mais usado a cada dia. Minha irmã é advogada, o escritório dela usa o Linux a 5 anos. Cansou-se das janelas, dinheiro de manutenção, problemas e mais problemas. Nunca comentou comigo que quer voltar a usar o windows e se sente muito bem com o Linux. Tem no desktop, no note e só mantém um pc com dual boot por conta da assinatura digital da CERTISIGN (QUE NÃO TEM INTERESSE ALGUM DE DAR SUPORTE AO LINUX) para assinatura dos processos hoje digitais. No mais tá super satisfeita. Tudo é uma questão de querer, provar, testar e deixar o preconceito de lado.

Deixe o seu comentário

*