Microsoft cria uma empresa para lidar com código aberto

9 Flares Twitter Facebook LinkedIn Google+ 9 Pin It Share Filament.io 9 Flares ×

A Microsoft anunciou a criação de uma nova subsidiária pertencente à empresa, chamada Microsoft Open Technology. Jean Paoli, que é atualmente o General Manager of Interoperability Strategy na Microsoft e é um dos co-criadores do padrão XML, liderará essa nova subsidiária. O novo grupo deve possuir entre cinquenta e setenta e cinco funcionários da equipe atual de Paoli. A meta dessa nova entidade é fornecer uma “nova forma de interagir e se engajar de uma forma mais clara” com entidades de código aberto com que a Microsoft já está envolvida.

Paoli destacou que a criação da nova empresa não vai mudar a forma com a própria Microsoft interage com essas entidades, como a Apache Software Foundation, a Outercurve Foundation (que a Microsoft criou originalmente como a CodePlex Foundation) e grupos de padrões abertas. “Essa estrutura deve tornar mais simples e mais rápido interagir e lançar software em código aberto, participar em esforços de código aberto, e aceitam contribuições da comunidade”, Paoli afirmou. Ele também prometeu que essas mudanças devem levar a uma maior interação entre a Microsoft e comunidades de código aberto.

Fonte: h-online, em inglês e do site da Linux Magazine

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
9 Flares Twitter Facebook LinkedIn Google+ 9 Pin It Share Filament.io 9 Flares ×

Comentários

  1. A tá, me engana que eu gosto, este negocio “Ele também prometeu que essas mudanças devem levar a uma maior interação entre a Microsoft e comunidades de código aberto” é conversa pra boi dormir. A Microsoft sabe que o codigo aberto esta em franco crescimento e que versões Linux não perdem nada para as versões do Ruindows, e que softwares que antes eram somente .exe hoje as empresas estão desenvolvendo em .deb e .rpm.. Te cuida Microsoft o Linux está tomando conta:D

  2. Ronaldo Martins diz:

    Ai não fala o quanto a Micro$oft irá lucrar, pois essa história de ajudar a gente do soft livre. Isso é balela. Eles iram inserir módulos pagos em códigos e faturar em cima ou aperfeiçoa soft livre para platarfoma “Ruimdows”. Ai tem?

  3. Não duvido nada a Microsoft querer patentear a palavra “Open Source” !

  4. Paulo Toledo diz:

    Quem precisa da Microsoft ,quem precisa de interação e o que a microsoft entende de software livre

  5. Bom se eles fizerem um MSN para o linux seria muito bom e… logo começaria a aparecer problemas e …#vixe! Deixa pra lá… comunidade linux cadê um mensageiro instantaneo digno? Eu não me conformo de ter que usar Empathy, Emesene e Pidgin e nem venha com esse papo de Vine! Cadê? Cadê? Com um mensageiro digno e que seja concorrente à altura do Windows Live será um marco e com certeza seria motivo para grande migração de Windows para Linux. Meu Deus será que a Canonical é cega?

    • Concordo com você nesta questão… Existem programas no linux que são até melhores que os do windows, mas os comunicadores deixam a desejar. Endendeu canonical? Por que não fazem um comunicador bom, com recursos e também com um visual bacana e moderno???

  6. Régis da Silva diz:

    A Microsoft quer vender aplicativos para Linux, quer também com o “apoio da comunidade” “melhorar” seu ruindows. Bill Gates sempre foi um oportunista, uma pessoa sem ideias originais, mas que sempre se apóia nas ideias alheias. Open Source pra ele é “Open Money”.

  7. se eu tiver msn com webcam pra linux, eu agradeço a eles, pois essa porra me inferniza ha anos (se puderem um visual basic open source tbm é bem vindo)

Deixe o seu comentário

*

9 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Google+ 9 Pin It Share 0 Filament.io 9 Flares ×